Carreiras não acadêmicas para acadêmicos

Man standing in hallway with multicolored doorsVocê já considerou focar em carreiras fora da academia? Em algumas áreas isso é bastante comum, mas em outras nem tanto. O mercado além dos muros acadêmicos é bastante diversificado e oferece oportunidades para  profissionais de todas as áreas de conhecimento, sendo uma boa saída diante da concorrência acirrada na academia atualmente ou dos valores defasados das bolsas dos pós-graduandos. Confira algumas opções tanto para quem deseja investir em novas carreiras em tempo integral quanto para quem procura um complemento de renda não-acadêmico.

Na universidade

Em universidades particulares a demanda pela ocupação de cargos burocráticos é grande e muitos deles tendem a ser ocupados por acadêmicos dada as particularidades deste nicho de negócios. Altos cargos, como de chefia de departamento, cargos de gerência em geral ou outras áreas do alto escalão burocráticos costumam demandar a mão de obra de doutores e oferecem bons salários. Além disso, muitas vezes é possível conciliar na mesma instituição a função burocrática com atividades de ensino e pesquisa. A vantagem aqui é que o cargo burocrático garante maior estabilidade profissional na instituição, além de ser um adicional relevante de renda para os que continuam lecionando. Embora com demanda menor – visto que alguns cargos são previstos entre as obrigações dos docentes permanentes concursados – nas universidade públicas cargos nas área de relações internacionais, assessoria de comunicação e outros também podem ser acumulados por professores.

Fora da universidade

Para professores com título de licenciatura e que desejam complementar a renda, escolas particulares de ensino de alta qualidade são boas opções, visto que os salários costumam ser bastante atrativos. Nestes casos, o fato de possuir título de mestre ou doutor pode ser um diferencial em entrevistas e um determinante na hora de conseguir a vaga, visto que agrega qualidade ao quadro de professores da escola. A estabilidade do trabalho numa escola também diminui o estresse de trabalhar diferentes turnos em diferentes universidades para fechar uma renda desejável, visto que escolas possuem um cronograma mais regular. Além disso, o salário numa escola pode ser mais atrativo que aquele oferecido a professores universitários iniciantes e que possuem apenas mestrado.

Aulas particulares

O maior atrativo de dar aula particular é que você pode montar um cronograma que se encaixe ao de suas outras atividades e complementar de modo significativo seu orçamento (ou até mesmo viver só deste tipo de renda). Com uma qualificação universitária expressiva, você pode cobrar um valor acima do mercado por hora/aula, principalmente se sua disciplina de especialização for numa área com alta demanda e carência de professores. O mercado pode contemplar tanto alunos de segundo grau, como universitários ou profissionais em busca de reciclagem, o que tornam as opções bastante variadas. Além disso, a depender de sua área de formação você pode dar aula particular sobre mais de um assunto ou disciplina, o que aumenta sua demanda de mercado.

Empresas de material acadêmico

Empresas que confeccionam materiais acadêmicos – como livros didáticos, materiais de apoio, provas padronizadas, etc. – possuem demanda constante de profissionais qualificado para dar conta desta produção. As empresas geralmente buscam acadêmicos que estejam atualizados com as novidades de suas respectivas área de conhecimento, possuam contatos em universidade e têm boa capacidade de síntese e edição de conteúdo. Neste nicho há vagas tanto para quem procura trabalho estável num escritório quanto para quem deseja complementar seu orçamento com este tipo de atividade.

 Onde encontrar esses trabalhos?

Mas onde encontrar estas ofertas de trabalho do tipo não-acadêmico para quem tem formação acadêmica? Os sites de vagas de trabalho especializados e até mesmo o próprio site dessas organizações e instituições são um bom começo, visto que muitas empresas postam vagas e buscam profissionais nestas páginas. Eles também oferecem a vantagem enviar para sua caixa de e-mail vagas que se ajustam a seu perfil profissional e alguns permitem que a própria empresa faça contato caso se interesse por seu currículo. Mas a forma mais eficiente é certamente a expansão de seus círculos de contatos para além da academia, visto que muitas vagas acabam sendo ocupadas por indicação dadas às particularidades do perfil profissional buscado. Você pode fazer isso pedindo dicas a colegas pós-graduandos, participando de cursos de perfil mais abrangente ou de fóruns e redes online para fins de networking.

Anterior
Como preparar uma carta de apresentação
Próximo
O que os doutores gostariam de ter feito mais durante o doutorado

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *