Como utilizar o Twitter academicamente

twitterVocê muito provavelmente sabe o que é o Twitter, já deve ter ouvido falar dos fatos que repercutem por lá e sobre como esta mídia social ajuda a viralizar o conteúdo rapidamente. O que você talvez não saiba é que os atributos do Twitter podem ajudar na promoção de suas atividades acadêmicas. O Twitter pode ajudar você a entrar em contato com outros acadêmicos, pessoas que você nunca teve a oportunidade de conhecer pessoalmente, além de permitir que você divulgue sua produção e participação em eventos. Por essas razões, se você ainda desconhece o funcionamento desta mídia social, talvez seja interessante aprender um pouco mais sobre sua dinâmica e criar um perfil no site para promover seu trabalho e fazer networking.

Criando sua conta acadêmica

Como ocorre com toda mídia social, o manuseio do Twitter é simples e procura guiar o usuário de forma intuitiva. O primeiro passo para criar sua conta é escolher um nome, que quando mencionado na rede será antecedido pelo símbolo “@”. O ideal é que você utilize o nome pelo qual já é conhecido no meio acadêmico – ex: @PauloSilva –  e caso tal nome já exista na rede, você pode inverter a ordem utilizando o sobrenome primeiro – ex: @SilvaPaulo -, ou ainda manter a ordem nome e sobrenome, acrescendo ao final um número que seja relevante para você. Outra opção também é usar seu primeiro nome seguido de sua área de especialidade, como @PauloComPolítica (se sua área de estudos for Comunicação Política, por exemplo).

Mesmo que você já tenha uma conta no Twitter, convém criar uma nova conta especificamente para falar e promover seu trabalho além de fazer networking, visto que certamente há amigos pessoais seus que não estão interessados em suas atividades acadêmicas e há contatos profissionais que não estão interessados nos pormenores de sua vida pessoal. Escolha uma foto para o perfil que permita que as pessoas o identifiquem quando o virem, o padrão poderá ser uma foto de currículo, porém mais descontraída. Uma vez criada a conta, pesquise perfis de acadêmicos que gostaria de seguir e comece a segui-los (parte fundamental para um networking bem sucedido no Twitter). Para saber como gerir sua conta, preste atenção em perfis com muitos seguidores (acima de mil) e observe como eles são administrados para inspirar-se.

Utilizando o Twitter a seu favor

Seguidos os passos do tópico anterior, comece então a postar imediatamente. Inicialmente, poste o conteúdo de outros perfis que achar interessante – os retweets – lembrando de atribuir origem ao conteúdo. Além de preencher sua Linha do tempo (timeline) isso irá chamar a atenção do perfil de origem para o seu. Divulgação de periódicos com chamadas para submissões abertas, eventos e artigos de seu interesse também é uma boa forma de começar a gerar conteúdo.

Mas, obviamente, o principal objetivo de sua conta é a promoção de suas atividades relevantes e produção acadêmica. O Twitter possui um número bem limitado de caracteres para compor a mensagem, mas isso não quer dizer que você deva sair por aí divulgando links soltos. Escolha palavras-chave que expressem o foco do conteúdo e divulgue links de artigos seus ou de eventos do qual participará como expositor. Para redução de links, você poderá utilizar o goo.gl, página do próprio Google. Não se esqueça de adicionar hashtags – “#” – elas indexam o conteúdo a partir da palavra-chave que ele destaca, aumentando as chances de visibilidade de sua mensagem, visto que é possível fazer buscas temáticas através do conteúdo grifado por hashtags.

Expandindo sua rede

Para se tornar conhecido, é importante que seus seguidores repliquem suas mensagens através de retweets (os tweets com imagem tendem a ser mais replicados) e interajam com você diretamente. Sempre que uma destas situações ocorrer, responda à pessoa e se possível publicamente para dar visibilidade a ambos os perfis. À proporção em que seu número de seguidores aumentar, poste novamente artigos seus que considere mais relevantes para apresentá-los aos novos membros de sua rede.

Para obter bons resultados, mantenha sua conta ativa, com postagens ao menos uma vez ao dia (ou o mais próximo disso que puder), isso fará sua rede expandir. Se você começar a usar o Twitter academicamente logo no início da pós-graduação, você terá a oportunidade de se tornar bastante conhecido no meio e isso poderá ajudá-lo quando terminar o curso e for procurar um trabalho ou até mesmo, financiamento de projeto. O Twitter pode servir também para divulgar seu trabalho para não acadêmicos, ampliando seus interlocutores e chances de novos projetos. E a melhor parte é que este é um trabalho divertido e simples de ser feito, que pode abrir muitas novas portas para você, então comece a Twittar!

Anterior
Dicas de networking para pesquisadores
Próximo
Tradução de pesquisa acadêmica

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *