17

Um guia rápido para redigir artigos no estilo APA

Na redação acadêmica, a forma técnica com que você apresenta informações é muitas vezes tão importante quanto as ideias que você está apresentando. Citações e referências adequadas do material de outros autores permitem que você mostre a abrangência da sua pesquisa dentro da sua área de atuação. É importante levar em consideração a formatação de um artigo, que pode ser diferente dependendo de qual guia de estilo você está seguindo. Esses guias fornecem diretrizes em relação à fonte, layout de página, títulos, citações e página de referência. Os principais estilos utilizados em textos acadêmicos incluem:

  • AMA (American Medicine Association) para medicina, ciências biológicas e da saúde;
  • APA (American Psychological Association) para educação, psicologia e ciências sociais;
  • MLA (Modern Language Association) para inglês, literatura, artes e humanidades;
  • CML (Chicago Manual of Style): publicações do dia a dia como revistas, jornais e livros.

O estilo APA foi criado pela American Psychological Association para a formatação de documentos acadêmicos, como  livros e artigos de pesquisa e trabalhos de ensino superior. É um estilo de citação Autor-Data comumente utilizado para citar fontes dentro das ciências sociais e comportamentais. O estilo APA mais recente e em uso é a 7ª edição, publicada em 2020. Um trabalho de pesquisa no estilo APA é diferente de um trabalho de conclusão de curso, um artigo de escrita criativa ou de notas. Ao longo do artigo, você precisará aplicar diretrizes em relação ao layout da página, formato da fonte, folha de rosto, resumo, introdução, metodologia, resultados, discussão e, principalmente, referências.

  • Layout da página:

formate o conteúdo mantendo o espaçamento duplo e tamanho de página padrão (21,59 x 27,94 cm), com margens de 2,54 cm em todos os lados. A primeira linha de cada parágrafo deve ser recuada em 1,27 cm. Você deve incluir um número de página em todas as páginas.

  • Fonte:

você pode utilizar fontes padrão, como Times New Roman 12pt, Arial 11pt ou Georgia 11pt.

  • Folha de rosto:

o título deve ter entre 10 e 12 palavras e refletir a essência do artigo. A 7ª edição exige formatos diferentes para trabalhos estudantis e profissionais. Um aluno deverá incluir o título do artigo, o nome do autor, afiliação institucional, nome e número do curso do aluno, nome do professor e data de entrega. Em um trabalho profissional, o título deve ser seguido da afiliação institucional e o local onde a pesquisa foi realizada. Você também deverá incluir uma nota do autor, que é dividida em vários parágrafos: o primeiro parágrafo consiste no nome dos autores e no ORCID ID, quaisquer mortes de autores ou mudanças na afiliação são escritas no segundo parágrafo, e o terceiro parágrafo inclui quaisquer agradecimentos e divulgações, como informações sobre financiadores e contato do autor correspondente. Para ambos, é necessário incluir um cabeçalho corrido – um título curto que aparece no topo das páginas de artigos publicados (alinhamento à esquerda) e o número da página na mesma linha (alinhamento à direita). O cabeçalho não deve exceder 50 caracteres, incluindo pontuação e espaçamento. Confira aqui exemplos de folha de rosto para de trabalhos estudantil e profissional.

  • Resumo:

é escrito após a folha de rosto. Ele deve conter no máximo 120 palavras e você deve escrevê-lo em um único parágrafo em formato de bloco, com espaçamento duplo. Você deve indicar o tópico em uma frase ou duas e fornecer uma visão geral estruturada de acordo com o artigo, ou seja, métodos, resultados e discussão, nessa ordem. O resumo deve ser sucinto, porém repleto de informações. Confira aqui um exemplo de resumo em estilo APA.

  • Introdução:

uma boa introdução avalia criticamente o conhecimento em uma determinada área de atuação de modo a definir a lacuna do conhecimento. Ela também deve explicar o objetivo do estudo e o porque você o conduziu. O desafio aqui é manter o interesse do leitor na leitura do seu artigo. Para escrever uma introdução interessante, você deve introduzir um fluxo lógico de ideias que eventualmente levarão a sua hipótese de pesquisa. Além disso, ao incorporar referências em sua introdução, não descreva cada estudo em detalhes completos que possam entediar o leitor. Resuma as principais descobertas do artigo e evite citá-los diretamente, em vez disso, procure parafrasear o conteúdo, apresentando as informações com suas próprias palavras

  • Métodos:

a seção de métodos é escrita de forma direta no formato APA, mas deve fornecer informações suficientes para permitir que o leitor reproduza facilmente o estudo apresentado. Você deve incluir Participantes (quando adequado), Materiais e/ou Aparelhos e Experimentos/Procedimentos/Protocolos. Seja breve e preciso, e certifique-se de reler para evitar redundâncias.

  • Resultados:

aqui você deve descrever como realizou a análise de dados e os resultados obtidos a partir dessa análise. Você também pode utilizar tabelas e gráficos para apresentar visualmente os dados e facilitar sua compreensão. Se suas análises de dados forem complexas, divida a seção em subseções. Idealmente, estabeleça uma subseção para cada hipótese e elabore as subseções usando análise estatística e incluindo tabelas ou figuras para representar os resultados visualmente. Não descreva sua interpretação dos dados aqui, isso será feito na próxima seção.

  • Discussão:

nessa seção, você deve interpretar os dados e compará-los com a literatura existente sobre o tema. A discussão pode ser considerada o oposto da introdução em relação a maneira como está organizada, ou seja, você começa com os detalhes e amplia para o entendimento geral do assunto. Você pode incluir limitações e espaço para pesquisas adicionais nessa seção, indicando as lacunas no conhecimento. Finalmente, mencione como seus resultados podem se relacionar com questões maiores da existência humana e destaque o “quadro geral” para os leitores.

  • Página de referências:

consiste em uma lista detalhada contendo informações sobre as fontes utilizadas ao longo do artigo. Essa seção começa em uma nova página intitulada “Referências”, que fica centralizada no topo da página. A primeira linha da referência deve ser alinhada à esquerda, com o restante das linhas recuadas. Você deve organizar a lista em ordem alfabética e colocar espaço duplo em todas as referências. Observe os exemplos abaixo:

1. Artigo de revista:

somente a primeira letra da primeira palavra do título do artigo é maiúscula; o nome do periódico e o volume estão em itálico. Se o nome do periófico tiver várias palavras, cada uma das palavras principais será maiúscula.

Exemplo: Ebner-Priemer, U.W., & Trull, T.J. (2009). Avaliação ecológica momentânea de transtornos de humor e desregulação do humor. Avaliação Psicológica, 21, 463-475. doi:10.1037/a0017075

2. Capítulo de livro:

apenas a primeira letra da primeira palavra do título do capítulo e do título do livro são maiúsculas.

Exemplo: Stephan, W.G. (1985). Relações intergrupais. Em G. Lindzey & E. Aronson (Eds.), The handbook of social psychology (3ª ed., Vol. 2, pp. 599-658). Nova York: Random House.

3. Livro:

semelhante ao capítulo de livro, deve incluir o sobrenome do autor (se houver mais de um, incluí-los em ordem alfabética), o nome e edição do livro e a editora. De acordo com a atualização mais recente das diretrizes APA, informar o local de impressão não é mais necessário.

Exemplo: Gray, P. (2010). Psicologia (6ª ed.). Vale.

4. Tabelas:

existem vários formatos de tabelas, dependendo das informações que você deseja incluir. Portanto, seja minucioso e forneça o número e o título da tabela (este último deve estar em itálico). As tabelas podem ter espaçamento simples ou duplo.

5. Figuras:

certifique-se de mencionar os eixos x e y claramente. Abaixo da figura, coloque um rótulo e uma breve legenda. A legenda da figura normalmente inclui variáveis ​​e unidades de medida. Além disso, inclua barras de erro em seus gráficos e descreva o que as barras representam na legenda da figura – as barras de erro representam a incerteza da coordenada correspondente ao ponto, podendo mostrar intervalos de confiança, erros padrão, desvios padrão ou outras quantidades.

6. Citação no texto:

mencione os nomes dos autores e a data de publicação ao citar as fontes no corpo do seu artigo.

  1. Ao incluir a citação como parte da frase, use “E”: “De acordo com Jones e Smith (2003), o…”
  2. Quando a citação estiver entre parênteses, use &: “Estudos mostraram que o priming pode afetar o comportamento motor real (Jones & Smith, 2003; Kiley, Bailey, & Hammer, 1999). Se mais de uma citação for utilizada na frase, os estudos entre parênteses devem aparecer em ordem alfabética pelo sobrenome do primeiro autor, separados por ponto e vírgula.
  3. Você deve evitar citar diretamente utilizando aspas, mas caso o faça, junto com o nome e a data, inclua o número da página.
  4. Para fontes com três ou mais autores, uma vez que você tenha listado todos os nomes dos autores, você pode escrever “et al.” em menções subsequentes: “Klein et al. (1999) descobriram que…”.
  5. Enquanto isso, quando a fonte tiver seis ou mais autores, o sobrenome do primeiro autor e “et al.” são usados ​​sempre que a fonte é citada.

7. Fonte secundária:

esse termo é usado para descrever o material que é citado em outra fonte. Evite usar fontes secundárias em seus artigos. Tente encontrar a fonte primária e leia-a antes de citar em seu trabalho. No entanto, se você precisar mencionar uma fonte secundária, indique o autor e o ano da obra principal, acrescentando “como citado em”, autor, ano e página da obra consultada.

Exemplo: Salanova, Hontangas e Peiró (1996 como citado em Zanelli, 2004)

Finalmente, confira algumas dicas para escrever um artigo em estilo APA de forma rápida e descomplicada!

  1. Este é um artigo de ciências sociais e não um artigo de opinião.

Como regra geral, você deve evitar escrever na primeira ou segunda pessoa do sujeito ou possessivo (singular ou plural). Em vez disso, escreva na terceira pessoa.

    1. Por exemplo, use “it” e não “I” ou “we” ou “you”;
    2. Por exemplo, “A evidência” sugere que Barack Obama é o maior presidente de todos os tempos versos “Acho que” Barack Obama é… ou “Acreditamos” que Barack Obama é…)
  1. Pense criticamente.

  • Sempre esboce o trabalho antes de começar
  1. Leia suas anotações e mantenha-se organizado
  2. Não use contrações (em inglês, use “cannot” ao invés de “can’t)
  3. Sugira outras áreas de pesquisa que possam enriquecer o tema e diminuir a lacuna do conhecimento
  • Revise o texto para garantir clareza, pontuação e ortografia corretos
  • Não termine frases com uma preposição
  1. Evite linguagem coloquial e clichês
  2. A contagem de palavras do seu artigo (proporções) deve ser dividida, aproximadamente, nas seguintes linhas: Introdução e argumento 20%; Corpo 70%; Conclusão 10%.

Estes são apenas alguns aspectos de trabalhos de pesquisa em estilo APA. Existem várias outras regras que você pode explorar antes de iniciar a escrita de um artigo nesse formato. Muitas das diretrizes APA são dinâmicas e sujeitas a alterações, por isso, consulte a 7ª edição do Manual de Publicação APA.

Você já usou o estilo APA para algum trabalho estudantil ou profissional? Comente abaixo e nos conte como foi sua experiência escrevendo um artigo no formato APA!

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of
X

Inscreva-se para ler mais

Inscreva-se gratuitamente para obter acesso completo a todos os nossos recursos em pesquisa escrita e publicação acadêmica, incluindo:

  • 2000+ artigos de blogs
  • 50+ Webinars
  • 10+ Podcasts especializados
  • 50+ Infográficos
  • Fórum Q&A
  • 10+ eBooks
  • 10+ Checklists
  • Guias de Pesquisas
[i]
[i]
[i]
[i]