Armadilhas da gramática inglesa

MousetrapEscrever de acordo com as normas da gramática não é tão simples assim, há uma série de regras de concordâncias que devem ser seguidas, além de todo o cuidado que deve ser tomado para não cair nos ardilosos vícios de linguagem. Quando tratamos de gramática inglesa, certos erros são comumente cometidos. Diante disso, neste artigo serão expostas algumas dicas para ate ntar os escritores a não cometê-los.

A língua inglesa pode ser difícil

Quando se escreve em inglês é necessário uma singular atenção em certos aspectos, pois a ordem das palavras podem mudar completamente o sentido da oração. As interrogativas, os verbos modais, as negativas, as quantificações, as expressões de contraste e o gerúndio são, particularmente para os brasileiros, os maiores desafios da escrita inglesa, principalmente por ser muito diferente da portuguesa em vários aspectos.

Sendo assim, é indicado que, durante a escrita, seja utilizado um material de apoio linguístico afim de evitar que erros sejam cometidos. Lembrando que, deslizes gramaticais destroem a apresentação de qualquer texto.

Adjetivos e hifens

Não existe uma regra específica para diferenciar o uso dos adjetivos compostos com hífen ou como uma só palavra. Contudo temos uma diferenciação importante entre o adjetivo composto com hífen e dois adjetivos adjacentes. Uma observação importante é que os adjetivos compostos com hífen são usados apenas antes do substantivo, se eles vierem depois do substantivo eles perdem o hífen. Caso haja apenas um adjetivo, não se aplica o uso do hífen.

Exemplos:

I need the up-to-date report.  (Eu preciso do relatório atualizado.)

This report is not up to date. (Esse relatório não está atualizado.)

African-American citizens voted for Smith. (Cidadãos afro-americanos votaram em Smith)

African Americans voted for Smith. (Afro-americanos votaram em Smith).

Affect ou Effect

Affect é mais comumente usado como verbo que poder ter diferentes significados: Ter Influência em algo ou contribuir para alguma mudança, afetar, abalar, agir sobre a emoções de alguém. É particularmente usado pela psicologia, como um substantivo, quando significa um sentimento, uma emoção, em português, afeto.

Effect é majoritariamente aplicado como substantivo. Traduzindo ao português, significa efeito, resultado, influencia. Também é utilizado como verbo no sentido de firmar, efetuar, realizar.

Exemplos:

Errado: The book really effected me.

Certo: The book really affected me. (O livro realmente me afetou)

Errado: The Greenhouse Affect is troubling.

Certo: The Greenhouse Effect is troubling.  (O efeito estufa é preocupante)

Errado: The affect of failing the exam was that he had to re-take the class.

Certo: The effect of failing the exam was that he had to re-take the class. (O efeito do fracasso na prova foi ter que refazer as aulas)

Which or That

Ambos descrevem o objeto; o “THAT” restringe ainda mais o tipo de objeto. O “WHICH”, descreve, mas não necessariamente limita. A escolha entre “that” ou “which” é a ênfase.

Exemplos:

Errado: I only eat fish which are farm-raised.

Certo: I only eat fish that are farm-raised (Eu só como peixes que são criados em fazendas)

Errado: I only eat pork that comes from pigs.

Certo: I only eat pork, which comes from pigs. (Eu só como carne suína, que vem de porcos)

Há casos em que qualquer um deles podem ser utilizados:

“The car, which is being stolen, is mine.”  ou “The car that is being stolen is mine.”

(“O carro, que está sendo roubado, é meu.”  ou “O carro que está sendo roubado é meu.”)

 

Se você já conhecia todos erros citados, já possui um bom nível em inglês!

Uma vez que estes foram apenas três exemplos de complicações comuns da gramática inglesa. Deixe-nos saber suas dúvidas gramaticais ou aponte erros implicantes ao assunto.

Anterior
Como escrever uma crítica de livro
Próximo
Como selecionar a instituição de pós-graduação ideal para você

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *