17

Ética e má conduta de pesquisa: o que os pesquisadores precisam saber

“Ética” consiste nos princípios morais que uma pessoa deve seguir, independentemente do lugar ou do tempo. Agir de forma ética envolve fazer a coisa certa no momento certo. A ética em pesquisa tem foco nos princípios morais que os pesquisadores devem seguir em seus respectivos campos de pesquisa.

Por que a ética é importante?

A tomada de decisão ética na pesquisa acadêmica concentra-se em fornecer o máximo de benefícios para os interessados. Seguir os princípios éticos é realmente crucial para manter a integridade da pesquisa.

A má conduta de pesquisa pode ter consequências desastrosas. Por exemplo, o cirurgião Paolo Macchiarini realizou experimentos em pacientes sem dados pré-clínicos sólidos. Ele trabalhou em transplantes de uma traqueia artificial em vários pacientes, o que teria sido um avanço revolucionário na história da medicina. No entanto, tudo foi baseado em mentiras e dados forjados. Sete dos nove pacientes que participaram da pesquisa morreram. Ele alterou os seus resultados publicados para dar a impressão de que o seu trabalho de transplante de traqueia era mais bem-sucedido do que realmente era. Esta foi uma consequência grave da violação da ética em pesquisa.

O Código de Nuremberg

Uma das mais famosas diretrizes éticas seguidas na pesquisa médica é o Código de Nuremberg. Usar o Código de Nuremberg demonstra um compromisso de respeitar os participantes da pesquisa. Os terríveis experimentos conduzidos pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial inspiraram a formulação do Código de Nuremberg. Estas experiências resultaram muitas vezes em ferimentos graves ou morte. Além disso, nenhum dos participantes pôde decidir se gostaria ou não de participar. Muitas experiências não foram feitas com qualquer objetivo terapêutico em mente. O Código de Nuremberg aborda todas essas coisas.

Como tomar decisões éticas

Existem alguns princípios fundamentais que orientam a tomada de decisões éticas. Em primeiro lugar, você deve estar comprometido com os princípios éticos. Isso significa escolher ter um comportamento ético mesmo que isso atrase o seu trabalho ou não seja publicado tão rapidamente em uma revista de prestígio.

Em seguida, você deve determinar a autenticidade dos fatos. É importante avaliar a credibilidade das informações antes de tomar qualquer decisão sobre a pesquisa. Crie uma lista de ações que você pode realizar e avalie as consequências de cada uma delas. Faça uma escolha final que procure minimizar os danos e criar confiança. A tomada de decisão ética também afeta a maneira como você relata dados de pesquisa e quem pode ser considerado um autor.

A ética governa não apenas o tratamento fornecido aos participantes da pesquisa, mas também aos pesquisadores. É preciso dar crédito a qualquer pesquisador que contribua substancialmente para um projeto ou trabalho de pesquisa. Isso vale inclusive quando o pesquisador é um estudante. Isso geralmente é feito nomeando-o, ele ou ela, como um autor no trabalho final. É melhor ter essa discussão antes de escrever o trabalho de pesquisa. Dessa forma, todos os envolvidos podem dar a sua opinião. Uma pessoa não deve ser incluída como autor apenas por causa de sua posição na instituição. Por exemplo, o chefe de um departamento só deve ser incluído como um dos autores do trabalho se tiver efetivamente trabalhado de forma substancial na pesquisa.

Os pesquisadores precisam se assegurar de não exercerem influência indevida sobre os outros. Um professor pode querer recrutar seus alunos para um estudo. Neste caso, ele deve deixar claro que a participação é voluntária, não obrigatória. Além disso, nenhum aluno deve se sentir pressionado a participar.

Os participantes da pesquisa devem estar cientes

O consentimento informado é um princípio fundamental da ética em pesquisa. É importante que a pessoa convidada para fazer parte da pesquisa compreenda os benefícios e os riscos envolvidos. Ela deve ter todas as informações que possam afetar a sua decisão de participar. Cada participante potencial da pesquisa deve saber:

  • Por que o estudo está sendo feito, quanto tempo vai durar e quais métodos serão usados
  • Se ele tem o direito de não participar ou de deixar o estudo a qualquer momento
  • Quais são os possíveis riscos ou benefícios envolvidos, se houver
  • Quais são os limites da confidencialidade (circunstâncias em que a sua identidade pode ser revelada)
  • Quem eles podem contatar se tiverem dúvidas.

Diferentes éticas de pesquisa para diferentes disciplinas

Existem códigos gerais de ética para diferentes disciplinas. Você pode usar a Declaração de Helsinque para a pesquisa biomédica. Existem até diretrizes de ética para pesquisadores e psicólogos da Internet.

Independentemente da disciplina, todas as diretrizes éticas buscam maximizar os benefícios e minimizar os efeitos negativos. Portanto, a ética em pesquisa exige que todos os participantes deem o seu consentimento informado e voluntário. Toda pesquisa deve procurar dar respostas a questões científicas de forma a beneficiar a humanidade. Os riscos devem ser minimizados tanto quanto humanamente possível.

Há alguma coisa nesta lista de verificação que possa ajudar você a refinar o seu uso da ética? Você pode sugerir mais algumas regras para a ética em pesquisa que precisem ser seguidas? Compartilhe os seus pensamentos conosco nos comentários abaixo!

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of