17

Como ser bem-sucedido na sua qualificação de doutorado

This article is also available in: English, Spanish, Turkish, and Russian

O doutorado é um extenso processo iterativo de aprendizado, no qual o aluno ganha experiência e conhecimento através de estudos, de discussões e de abordagens práticas. Cada programa de doutoramento possui exames, exigências e requerimentos específicos para  selecionar a entrada de seus candidatos. Isto se dá para escolher aqueles canditatos mais aptos ao programa; no entanto, podem existir diferenças acadêmicas significatvas mesmo entre os doutorandos aprovados.

No início de um doutorado, espera-se que o aluno cumpra créditos disciplinares e que aprofunde seu conhecimento no tema proposto para a sua tese. Ao fim de cada disciplina geralmente são aplicados testes para avaliar os conhecimentos adquiridos durante as aulas e trabalhos. Entretanto, estes testes nem sempre avaliam a maturidade científica do aluno para o desenvolvimento de sua tese.

Assim, com a finalidade de avaliar os conhecimentos específicos que um aluno adquiriu durante o desenvolvimento do seu projeto, os programas de doutorado possuem um exame chamado de qualificação. Geralmente, um exame de qualificação ocorre na metade do doutorado, após os alunos cumprirem uma série de disciplinas e estudos independentes através da leitura de artigos científicos de diferentes áreas que virão a ajudar no desenvolvimento de sua tese.

Ser bem-sucedido na qualificação é um dos passos mais importantes para a conclusão do doutorado. Neste texto, iremos dar dicas para garantir o sucesso da sua qualificação como, por exemplo, quais áreas de competências escolher, como selecionar a banca examinadora e estratégias de como apresentar a sua qualificação.

Como escolher as áreas de competências mais adequadas?

Para conseguir adquirir expertise em diferentes campos relacionados ao tema de pesquisa, os alunos deverão concluir disciplinas para cumprir um número mínimo de créditos exigidos pelo programa de doutorado. Estes créditos podem variar dependendo da carga horária exigida por cada programa.

Para escolher as disciplinas que melhor cobrem as suas áreas de competências, você deve selecionar aquelas cujo conteúdo sejam mais relevantes para o seu doutorado. Realize um exercício para tentar imaginar qual disciplina irá te ajudar a responder as hipóteses do seu projeto de doutorado. Estas disciplinas, certamente, também irão te ajudar a responder as perguntas da sua banca de qualificação.

Converse também com o seu orientador sobre estas disciplinas e entre em acordo sobre quais delas irão te ajudar mais no desenvolvimento de habilidades relacionadas a sua tese de doutorado. Lembre-se que, em geral, os alunos precisam de uma aprovação formal de seu orientador para se matricularem nas disciplinas selecionadas. Orientadores podem negar a matrícula em disciplinas que não estejam diretamente relacionadas a tese de doutorado de seus alunos.

 Como escolher a sua banca de qualificação?

Uma banca de qualificação é composta por membros do corpo docente do departamento, sendo em geral um deles membro sênior (por exemplo um Professor Titular), além de um membro externo ao departamento. Ainda, as bancas de qualificação podem ser definidas pelos próprios alunos ou pelo departamento; geralmente, o próprio doutorando sugere junto ao seu orientador uma extensa lista de potenciais nomes para participarem de sua banca, sendo a seleção final dos membros decidida pelo departamento.

É esperado que os membros da banca de qualificação tenham experiência no tema da tese a ser discutida. Entretanto, acadêmicos com diferentes expertises também são importantes para enriquecer a discussão, principalmente de teses multidisciplinares. Tente escolher os membros não pela sua reputação, mas pela sua potencial contribuição para a discussão da sua tese. Valorize a sua escolha, afinal de contas é raro reunir tantas pessoas com um alto nível de conhecimento para discutir os resultados preliminares de uma tese e ajudar no direcionamento do restante do projeto de doutorado.

Dicas do que fazer e o que evitar durante a sua qualificação

Em geral, os alunos de doutorado precisam submeter aos membros da banca um documento contendo o resumo do trabalho desenvolvido até o momento e as disciplinas que foram cursadas. Este documento servirá de guia para a discussão durante a qualificação. Assim, foque em produzir um resumo bastante conciso e claro. Tenha sempre em mente os objetivos da sua tese, e como os resultados obtidos ajudam a atingí-los.

Além disso, para enriquecer ainda mais a discussão durante a qualificação, é essencial que você monte uma apresentação detalhada contendo os resultados obtidos até o momento. Esta talvez seja a parte mais crítica da sua qualificação: uma boa apresentação pode ser a diferença entre ser aprovado ou reprovado pela banca. É importante ressaltar que uma boa apresentação não está relacionada apenas ao fato de se ter uma boa tese ou bons resultados que avancem o conhecimento no campo de estudos. Alunos e pesquisadores que apresentem ótimo desempenho acadêmico podem não ser bons apresentadores, e uma apresentação mal estruturada pode levar o candidato ao nervosismo e resultar muitas vezes em stress que o atrapalhará nos questionamentos da banca. Dessa forma, a melhor prática é preparar uma boa apresentação contendo o problema a ser resolvido pelo seu projeto de pesquisa, quais as possíveis contribuições da pesquisa para o campo, uma avaliação das metodologias adotadas para o desenvolvimento da tese e um cronograma claro especificando como você pretende distribuir as suas tarefas até o fim do seu doutorado. Treine exaustivamente a sua apresentação, tanto sozinho quanto para seus colegas de laboratório, e tenha a certeza de estar confiante na apresentação.

Por último, leia muito sobre o tema da sua tese. Esteja preparado para responder as perguntas da banca e esteja com a bibliografia sobre o assunto atualizada. Para isso, prepare listas de leituras com a ajuda do seu orientador para ter uma boa cobertura da bibliografia dos principais assuntos relacionados ao seu projeto de doutorado, selecionando principalmente os artigos relacionados a sua apresentação.

Conclusões

O exame de qualificação de doutorado é um processo necessário para avaliar a maturidade científica de um aluno. Ele garante que o doutorando esteja focado no desenvolvimento de sua tese e que esta resulte em um trabalho de boa qualidade. Os membros da banca têm a obrigação de sabatinar o aluno e testá-lo para analisar os seus conhecimentos sobre o assunto estudado. Para ser bem-sucedido na sua qualificação, prepare-se com antecedência tendo um excelente resumo, uma apresentação clara e leia muito sobre os assuntos relacionados a sua tese. Não hesite em pedir ajuda a seus colegas, tanto para melhorar quanto para achar os pontos fracos na sua apresentação e no seu trabalho como um todo. Uma excelente preparação ajuda doutorandos a estarem prontos para uma banca rígida, além de tranquilizá-los na hora das perguntas. Por último, converse muito com seu orientador: o trabalho dele é ser um mentor para os seus alunos durante o doutorado. Boa sorte!

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of
X

Inscreva-se para ler mais

Inscreva-se gratuitamente para obter acesso completo a todos os nossos recursos em pesquisa escrita e publicação acadêmica, incluindo:

  • 2000+ artigos de blogs
  • 50+ Webinars
  • 10+ Podcasts especializados
  • 50+ Infográficos
  • Fórum Q&A
  • 10+ eBooks
  • 10+ Checklists
  • Guias de Pesquisas
[i]
[i]
[i]
[i]