17

“Se-então”: como usar frases condicionais em redação acadêmica

Frases condicionais são declarações de uma situação “se-então” ou “a menos que-então” (embora “então” nem sempre seja explicitamente usado), ou de uma probabilidade. Essas frases apresentam situações e seus possíveis desfechos. Frases condicionais costumam ser usadas para discutir resultados de pesquisas ou fazem parte da colocação de uma hipótese de pesquisa.

As frases condicionais são perfeitamente aceitáveis ​​e, em muitos casos, necessárias para especificar e testar uma condição e seu resultado. A maioria dos autores de artigos científicos usa essas frases em seus resumos para discutir as razões para conduzir seu estudo.

Tipos de frases condicionais

As frases condicionais são construídas usando duas orações – a oração “se” (ou “a menos que”) e a oração principal. Existem cinco tipos de frases condicionais. É importante entendermos cada um, porque cada um transmite um significado diferente. Algumas frases condicionais referem-se a verdades gerais e outras a situações hipotéticas.

  • Frases condicionais de ordem zero referem-se à verdade geral sobre uma situação. Essas frases afirmam que uma condição sempre resulta no mesmo resultado. Por exemplo:

Se eu não ligar meu ar condicionado, minha casa fica quente.

Note que a oração “se” está no futuro do subjuntivo e a oração principal no presente.

  • Frases condicionais de primeira ordem apresentam uma situação em que um resultado futuro é provável, mas não assegurado. Por exemplo:

Se você comer os seus brócolis, você vai sentir-se bem.

Note que a oração “se” está no futuro do subjuntivo e a oração principal no futuro do indicativo (ou em uma locução equivalente, como aqui).

  • Frases condicionais de segunda ordem expressam condições e resultados que são ambos extremamente improváveis, como aqueles que “desejamos”. Por exemplo:

Se eu tivesse controle sobre as fontes de alimento, eu acabaria com a fome no mundo.

Observe o uso do imperfeito do subjuntivo (se eu pudesse, tivesse, fizesse, etc.) na oração “se” e do futuro do pretérito (poderia, deveria, deveria, etc.) na oração principal.

  • Frases condicionais de terceira ordem são um pouco diferentes. Elas sugerem que o resultado seria diferente se o passado tivesse sido diferente. Por exemplo:

Se você tivesse me contado que estava com fome, eu teria comprado comida para você.

Observe que as condições não aconteceram. Por isto, foi usado um verbo auxiliar no imperfeito do subjuntivo (tivesse, houvesse) mais o particípio do verbo principal (contado, falado, feito, etc.) na oração “se”, e o verbo “ter” no futuro do pretérito (teria) e mais um particípio (comprado, feito, etc.) na oração principal.

  • Frases condicionais de tipo misto referem-se a algo no passado que continua no presente; no entanto, a condição passada e os resultados não são reais. Por exemplo,

Se eu tivesse aprendido a montar mais cedo, eu seria uma grande estrela de rodeio agora.

Observe que neste tipo de frase, na oração “se” é usado um verbo auxiliar no imperfeito do subjuntivo (tivesse, houvesse) seguido de um particípio (aprendido, feito, etc.), e um verbo no futuro do subjuntivo (seria, faria, etc.) é usado na oração principal.

Pontuar estas frases condicionais é simples. Use uma vírgula para separar a oração “se” da oração principal quando a oração “se” vier em primeiro lugar.

Algumas exceções às regras

Por exemplo, na frase seguinte, usamos o futuro do indicativo na oração “se”:

Se o açafrão aliviar minha dor de artrite, eu vou tomar um pouco todos os dias.

Neste caso, a ação da oração principal ainda não aconteceu, mas acontecerá depois que a condição da oração “se” ocorrer.

O uso de “se for para” na oração “se” é outra exceção. Este tipo de frase é usado para enfatizar a importância do resultado de algo que poderia acontecer. Por exemplo:

Se for para ela cair em cima daquele braço novamente, ela terá que sofrer uma cirurgia.

A ação na oração principal é enfatizada pelo “se for para” na oração “se”.

Importância para os pesquisadores

Em sua pesquisa, é provável que você realize seus próprios experimentos ou que use os resultados de outros experimentos para realizar uma meta-análise. Seja qual for o caso, você precisará relatar suas descobertas e avaliações. Ao fazê-lo, haverá situações em que os resultados do seu estudo ou até mesmo de estudos futuros serão baseados em certas condições. Suas conclusões são baseadas em evidências, dados ou teoria. Você pode apresentar suas conclusões como verdades de algo que já aconteceu, está acontecendo ou acontecerá em algum momento. É aqui que as frases condicionais são uma grande ajuda.

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of