17

Como escrever o seu artigo de pesquisa científica

Para autores iniciantes, a perspectiva de escrever o seu próprio artigo de pesquisa científica pode ser ao mesmo tempo emocionante e assustadora. Diante de uma montanha de dados, anotações e outros remanescentes do processo de pesquisa, pode ser difícil descobrir onde e como iniciar o processo de redação do artigo. No entanto, se a pesquisa tiver sido bem feita e o tópico for apropriado para submissão em sala de aula ou para publicação em revistas, é bom começar abordando o processo de escrita de maneira metódica.

Acima de tudo, a escrita científica deve visar clareza, simplicidade e precisão. Estes devem ser os pontos de referência para autores de artigos de pesquisa, especialmente no campo da ciência, que tem uma reputação de ser difícil de entender. Autores de artigos científicos devem manter um equilíbrio delicado para alcançar o reconhecimento e o respeito daqueles em seu campo e ao mesmo tempo garantir que o seu trabalho seja compreensível para um público mais amplo.

Clareza — O trabalho deve ser livre de ambiguidades e de detalhes ou conjecturas inadequados.

Simplicidade — A linguagem e a estrutura das frases e dos parágrafos devem ser fáceis de entender e de seguir, sem perder a autoridade ou a credibilidade científica.

Precisão — Os dados, tabelas, figuras, referências e citações devem ser representados de forma honesta e verificável.

Relacionado: Pronto para enviar o seu artigo para publicação? Deixe que os nossos especialistas nativos o refinem e aumentem as suas chances de aceitação!

Estrutura de um artigo científico

Novos autores estão, sem dúvida, familiarizados com a estrutura de um trabalho de pesquisa científica — há um padrão na publicação acadêmica. No entanto, escrever dentro dessa estrutura requer uma compreensão mais profunda do papel de cada seção. Os itens a seguir foram discutidos em um guia on-line do Bates College:

Seção Finalidade ou Descrição
Título Dá uma introdução clara e atraente ao tópico
Autores Nomeia cada um dos principais contribuintes para o trabalho
Resumo Resumo do foco principal do artigo — curto
Introdução Coloca o problema ou questão principal
Materiais e Métodos Descreve especificamente como o problema ou questão foi abordado
Resultados Mostra as descobertas
Discussão Fala sobre o que as descobertas significam
Agradecimentos Opcional — dá o reconhecimento a pessoas ou instituições que ajudaram na pesquisa
Referências/Literatura Citada Cobre toda a documentação de apoio
  • Título e resumo — foco em atrair a atenção do leitor com linguagem clara e concisa
  • Introdução — destaca as principais questões da pesquisa, dando algum contexto à questão principal ou problema
  • Métodos e Materiais — descreve protocolos específicos e detalhes do experimento ou pesquisa, que devem ser explícitos o suficiente para que a pesquisa possa ser duplicada.
  • Resultados e Discussão — seções minuciosas, porém sucintas, com foco nas descobertas críticas, incluindo aquelas que foram inesperadas
  • Referências/Literatura citada — precisa coincidir exatamente com as referências dentro do corpo do artigo. É melhor ser seletivo ao escolher qual literatura mencionar, evitando o uso de referências em demasia e selecionando a literatura mais atual quando apropriado.

Dicas de escrita

O objetivo de qualquer texto é comunicar a mensagem do autor. Para os autores de artigos científicos, a publicação acadêmica exige que eles sigam uma certa estrutura, mas o objetivo é o mesmo — comunicar a mensagem ou as descobertas do autor.

Como atingir a meta de clareza

A clareza na escrita é conseguida através de uma estruturação de frases adequada e do uso correto da linguagem e da gramática. Parágrafos e frases mais curtos permitem ao leitor entender os conceitos mais facilmente. Ninguém gosta de ter que voltar e reler uma frase ou parágrafo várias vezes, apenas para entender o que o autor está tentando dizer. Isso desencoraja o leitor e pode potencialmente desanimar um editor de revista. É possível escrever frases simples e informativas sem parecer desestruturado ou sem sofisticação.

A linguagem adequada e o uso correto da gramática ajudam a melhorar o fluxo do artigo e melhorar a experiência dos leitores. Isso evita o preconceito de um leitor contra o autor. Não importa o quão excelente seja a pesquisa, o mau uso da gramática e da linguagem nos artigos pode levar o leitor a questionar a formação educacional do autor e a considerar que o artigo de pesquisa é menos digno de consideração.

Gerenciamento de tempo

Escrever artigos é uma tarefa que consome muito tempo. Autores que estiverem fazendo a sua primeira tentativa de escrever um artigo de pesquisa terão que dividir o seu tempo diariamente para trabalhar em seções específicas do artigo — em outras palavras, terão que fazer um cronograma e cumpri-lo.

Edição

Os processos de pesquisa científica e de redação do artigo não escapam de serem trabalhosos e detalhados. Cada seção do artigo exigirá releitura e edição. É provável que os autores fiquem cansados do seu artigo antes que ele esteja pronto para ser entregue a um professor ou submetido a uma revista. Por este motivo, é útil pedir aos colegas que revisem o trabalho e ofereçam comentários e sugestões de mudanças. Os autores sempre se beneficiam do retorno recebido dos colegas e, no final, o artigo é significativamente melhorado.

Um esforço global

Seja escrevendo para uma palestra na universidade ou para submissão a revista, o mundo acadêmico não é mais segmentado em culturas e nacionalidades isoladas. Mesmo que uma sala de aula de uma universidade esteja repleta de alunos com o mesmo histórico cultural e nacional, eles estão sendo treinados para ingressar na comunidade global de cientistas. Portanto, é essencial considerar o público-alvo durante a elaboração do artigo e quais diretrizes existem para publicação.

Além disso, se os autores não forem falantes nativos de inglês e estiverem tentando escrever no idioma, é importante saber se o idioma de destino é inglês americano ou britânico.

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of