17

Você tem estilo? Então use-o corretamente para citar trabalhos!

A ciência é um processo gradual de desenvolvimento, e a produção de novos conhecimentos e tecnologias é baseada em descobertas e ideias prévias. Assim, toda vez que você tem aquela ideia genial ou alguma nova pergunta a ser respondida, você certamente está se baseando em conhecimentos anteriores. A sua nova pergunta pode gerar um novo conhecimento baseado no anterior, adicionando mais informação ao paradigma estabelecido ou alterando-o. Durante esse processo, é extremamente importante dar o devido crédito das ideias anteriores aos devidos autores, assim como receber o devido crédito.

Assim como roubar um bem material é inaceitável, apropriar-se indevidamente de uma ideia ou resultados (vulgo plágio) não é cientificamente aceito. Entretanto, evitar o plágio é simples: basta citar corretamente os autores das correspondentes ideias!

Ok, se por um lado é fácil evitar o plágio… às vezes não é tão simples controlar toda a sua bibliografia e formatar uniformemente todas as suas referências. Para isso, diversos estilos de citação foram desenvolvidos com o intuito de uniformizar as referências. Alguns estilos de formatação são mais comumente utilizados em algumas áreas. Por exemplo, o estilo IEEE (do “Institute of Electrical and Electronic Engineers”) é amplamente utilizado em publicações técnicas.

Entretanto, diferentes publicações adotam diferentes estilos. Na prática, isso significa ter que conferir a formatação de sua bibliografia a cada trabalho submetido. Formatar bibliografias manualmente é trabalhoso e consome bastante tempo. Para nossa sorte, atualmente existem ferramentas para auxiliar o gerenciamento de bibliografias. Neste texto, damos algumas dicas de como gerenciar as suas citações, formatar automaticamente e facilitar o processo de escrita do seu trabalho.

Verifique o formato das referências de uma revista antes de começar a escrever a sua bibliografia 

Lembre-se: cada revista tem seu próprio estilo de formatação. Assim sendo, ainda que alguns estilos (como o IEEE) sejam bastante difundidos, tenha a certeza do estilo exigido na publicação de seu trabalho antes mesmo de começar a escrevê-lo. As revistas dedicam uma sessão a autores dando orientações sobre a formatação do texto e das referências. Portanto, não tenha o trabalho extra de reeditar tudo simplesmente porque você esqueceu de verificar a formatação das referências antes de começar a escrita.

Mudar a formatação das referências durante a escrita é bastante trabalhoso. Normalmente você terá dezenas de artigos para referenciar e alterar manualmente a formatação de cada um pode tomar tanto tempo quanto escrever o trabalho. Além disso, se você não prestar muita atenção, correrá o risco de ter citações fora de padrão ao longo do texto. 

O estilo IEEE de citações como exemplo 

O estilo IEEE de citações é bastante intuitivo e simples. Cada citação é referenciada no texto como um número crescente de acordo com a sua aparição no texto e entre colchetes quadrados. Entretanto, se uma mesma referência for citada 2 ou mais vezes, ela será referenciada pelo mesmo número. Na bibliografia, a numeração das referências também aparecerá entre parênteses e na mesma ordem crescente apresentada ao longo do texto (e não em ordem alfabética), com cada referência tendo apenas um número associado.

O estilo IEEE é baseado no estilo Chicago (amplamente utilizado). Portanto, se assemelha a outros estilos, com o nome dos autores seguido pelo título do artigo ou trabalho e com o título da publicação na sequência. Assim, uma vez que você se acostumar com o estilo IEEE de referências, os outros estilos se tornarão relativamente intuitivos (como por exemplos os estilos MLA, APA, etc.). Por isso, dominar o estilo IEEE é um bom começo para entender como o estilo de referências funciona.

Ferramentas de citação ajudam a construir bibliografias e formatar rapidamente referências

Atualmente existem excelentes opções de ferramentas que permitem organizar as suas citações e o auxiliam no processo de escrita. A grande vantagem de utilizar estas ferramentas reside na facilidade de criar uma bibliografia, com a qual pode-se automaticamente mudar a formatação das referências do texto de acordo com os diferentes estilos pré-definidos de cada revista.

Algumas instituições têm investido em softwares pagos de citação. Por exemplo, usuários de algumas universidades públicas têm acesso ao EndNote ou ao Mendeley. Ambos são softwares instalados localmente em seu computador que se conectam automaticamente ao Microsoft Word, permitindo a inserção e formatação de referências durante a escrita. O EndNote, por exemplo, é extremamente simples e intuitivo de se usar para criar a sua bibliografia: basta simplesmente arrastar os PDFs do seu computador para o programa e este automaticamente cria uma biblioteca de artigos a serem citados. Caso você não tenha um artigo a ser citado, você pode alternativamente carregar a referência manualmente. Além disso o EndNote também provém assistência a bibliotecas de algumas universidades públicas (como a biblioteca da Universidade de São Paulo, USP capital), e muitas vezes oferece treinamentos aos usuários de como explorar todas as ferramentas oferecidas.

Para nossa sorte, existem atualmente uma gama de boas opções de ferramentas online e gratuitas para ajudar na confecção e na formatação de suas referências, como o BibMe, o Citation Machine e o KnightCite. Dentre as mais utilizadas, eu citaria a BibMe, que é uma plataforma gratuita para organizar bibliografias. Esta também possui uma ferramenta de busca online que permite atualizar continuamente as suas referências. Gerar bibliografias no estilo IEEE é extremamente simples: entre na webpage e cole a website das referências desejada na ferramenta de busca disponível. A própria webpage também cita como referenciar utilizando o estilo IEEE. Entretanto, tenha a certeza de estar sempre utilizando as versões atualizadas e de que a sua bibliografia está sendo preenchida com as informações completas para citação. A plataforma Citation Machine é similar a BibMe, mas com período limitado para manter a sua bibliografia.

Assim, o uso de ferramentas de formatação facilita a escrita e eliminam erros ocasionados durante a construção manual de bibliografias, sendo seu uso altamente recomendado. Além disso, você terá flexibilidade de mudar de estilos facilmente utilizando estas ferramentas. Portanto, independente da sua escolha de plataforma (paga ou gratuita, local ou online), utilize sempre uma ferramenta de referências para gerar as suas citações e evitar constrangimentos.

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of