17

Melhores práticas ao se referir a seções diferentes dentro de um artigo

Encaminhar um leitor para consultar outra parte do seu trabalho pode ser uma maneira eficaz de relacionar diferentes partes do documento como um todo e direcionar o leitor a lugares onde ele possa consultar uma explicação ou prosseguir para ler mais detalhes sobre um determinado tópico de interesse. O objetivo é assinalar que você já discutiu um tópico anteriormente ou permitir que os leitores antecipem a leitura de mais detalhes sobre aquele assunto mais adiante no artigo. Como os leitores geralmente se movimentam para trás e para frente no texto em busca de mais informações, é importante oferecer uma referência rápida e simples para que eles encontrem as informações que estão procurando. Isso vale especialmente para autores de trabalhos mais extensos, como livros ou dissertações, ou trabalhos que incluam um grande número de exemplos, tabelas ou figuras.

Usando números

Uma boa maneira de informar aos leitores que eles devem consultar uma determinada seção do seu trabalho é numerar todas as seções (e até mesmo as subseções). Isso permite que você mencione coisas como “Conforme discutido na Seção 2…” ou “Consulte a Seção 5.7 para saber mais detalhes.”

Numerar tabelas e figuras é a norma. Também é uma boa ideia numerar qualquer exemplo para facilitar a referência. Confiar em expressões como “este exemplo” ou “o exemplo abaixo” pode ser muito confuso se houver vários exemplos na mesma página, especialmente se vários exemplos aparecerem imediatamente acima e abaixo da frase.

Usando cabeçalhos

Outra estratégia é referenciar seções por seus nomes ou títulos. Isso é apropriado para casos em que você escolhe não numerar as seções do documento, ou quando você está seguindo um guia de estilo que não usa números de seção. Por exemplo, as seções não são numeradas no estilo APA. Neste caso, os leitores devem ser claramente informados de onde encontrar a informação. Por exemplo, você pode escrever “Como encontrado na Revisão da Literatura …” ou “Este tópico será explicado em mais detalhes adiante, na Discussão“.

Evite números de página

Não mencione números de páginas, pois isso tornará o texto incorreto se for reimpresso em um layout que altere os números de página (por exemplo, encadernação ou tamanho de página diferentes) ou se for publicado on-line, onde não há números de página. Considere as diferentes formas de mídia em que o artigo aparecerá.

Evite frases vagas

Usar frases vagas como “Isso será explicado mais tarde” não ajuda a informar os leitores sobre onde encontrar as informações; portanto, isso deve ser evitado. Se possível, tente evitar frases que envolvam “acima” ou “abaixo”, como em “Veja a seção abaixo”. Essas palavras remetem os leitores literalmente para um espaço acima ou abaixo da frase que estão lendo. Se o livro for impresso de maneira que as informações a que você está se referindo apareçam na página anterior ou na página seguinte, não fará sentido que os leitores olhem para cima ou para baixo.

Entretanto, é aceitável usar frases como “como mencionado” ou “como discutido anteriormente” se você estiver se referindo a algo dentro da mesma seção ou a um tema mais amplo que aparece no artigo (não necessariamente as informações específicas de uma seção). Isso é apropriado quando você está repetindo informações para levar a um novo argumento ou linha de pensamento, e gostaria de reconhecer que você está ciente da breve repetição. O objetivo ao usar tais frases não é apontar os leitores para trás ou para frente no texto, mas lembrá-los de um argumento, com o propósito de desenvolver a discussão. Se você estiver em dúvida, sempre considere se não ajudaria mais os leitores colocar uma frase mais completa, como por exemplo “como mencionado na Introdução” ou “como discutido na Seção 4”.

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of