Tradução reversa: Um método ainda pouco conhecido preferido pela medicina

A tradução reversa, ou back translation, é uma modalidade de tradução consideravelmente recente e, por isso, ainda não muito compreendida por muitas pessoas. Tal metodologia pode ser entendida como um processo de checagem que completa a tradução convencional, incluindo em torno de três etapas:

(1) retro tradução;
(2) comparação e; possivelmente,
(3) adaptações finais.

Para entender melhor o processo como um todo, imagine que você quer traduzir um documento do português para o inglês. Caso seja aplicada a back translation, vai funcionar assim:

  • Tradução convencional: um tradutor A realizará a tradução inicial para o inglês, criando um segundo manuscrito;
  • Etapa 1 da tradução reversa: um tradutor B vai pegar esse manuscrito e o retraduzirá para o português, gerando um terceiro
[Continue Lendo]

A importância da correta escolha das palavras-chave

O cientista, o grupo de pesquisa ou o estudioso, investiga, experimenta e produz constantemente conhecimentos na sua área de estudo e outras áreas correlatas, proporcionando relações, comparações, refutações entre conceitos e teorias e colaborando com o avanço da ciência. Esse processo dinâmico de produção científica pode dar-se a nível regional, nacional e, principalmente, mundial, exigindo do cientista dedicação e atualização permanente.

keywordEntre os procedimentos mais eficazes e rápidos para a divulgação dos resultados de uma pesquisa, ou mesmo para o debate acerca de uma teoria ou ideia científica, a academia utiliza principalmente os artigos científicos. São veiculados em publicações especializadas como revistas e jornais científicos, periódicos, anais, etc., impressos ou eletrônicos no mundo todo. Entretanto, ao escrever um artigo científico, … [Continue Lendo]

Colaboração Científica em Publicações

A colaboração científica tem sido definida como dois ou mais cientistas trabalhando juntos em um projeto de pesquisa, compartilhando recursos intelectuais, econômicos e/ou físicos. Entretanto, a contribuição de cada um dos colaboradores pode se dar em âmbitos diferentes, desde a simples expressão de uma opinião sobre a pesquisa até o trabalho conjunto durante todo o decurso de um projeto.

ICA colaboração científica pode ser definida como a interação que facilita não só a realização de tarefas, mas também o compartilhamento do significado desta tarefa, relacionada a um objetivo maior compartilhado entre dois ou mais cientistas. Tal colaboração ocorre dentro do contexto social da ciência, que inclui elementos como a revisão por pares, sistemas de prêmios, colégios invisíveis, paradigmas científicos, políticas … [Continue Lendo]

10 razões pelas quais os artigos científicos são rejeitados

No ambiente científico, a notoriedade de um pesquisador está relacionada à sua produção científica. Ele é avaliado pelos artigos científicos publicados, projetos desenvolvidos, trabalhos apresentados em congressos, pelas participações em grupos de pesquisa e demais atividades que tornem sua investigação conhecida. Entretanto, a maior visibilidade às pesquisas é dada pelos artigos científicos publicados em periódicos de reconhecimento nacional e internacional. É importante para o pesquisador conseguir que sua produção seja publicada em um periódico de alto impacto, para que ela seja, de fato, divulgada.

Quando um artigo é submetido a um processo de análise por um periódico, são três os possíveis resultados desta avaliação: aceito, aceito com modificações ou rejeitado. A seguir, serão listadas as 10 maiores razões pelas … [Continue Lendo]