O parecerista do periódico está errado. E agora?

I_disagreÉ bem sabido que no mundo acadêmico publicar é preciso. Mas apesar do esforço em escrever artigos de qualidade, um passo importante para publicar um trabalho é saber dialogar com as críticas dos pareceristas dos periódicos, negociando entre aquilo que você pretende apresentar e as solicitações de alteração feitas por estes. Mas e quando a lista de mudanças requisitadas é impossível de ser aplicada? A seguir, algumas dicas para lidar com problemas que você pode enfrentar com pareceristas e editores de periódicos ao tentar publicar seus artigos.

Avalie bem as solicitações feitas

Antes de tomar qualquer atitude, é importante que você leia com calma os comentários e procure entender de que problemas eles partem. Ao lê-los, procure classificar as … [Continue Lendo]

Avaliação de Revisão por Pares (ARP): métrica para deixar a Revisão por Pares transparente

peer-review-evaluationA qualidade dos artigos de uma revista é em grande parte determinada pela qualidade da sua revisão por pares. Este mecanismo de triagem é projetado para assegurar que os dados e conclusões apresentados nos documentos são de confiança e justos. Mas como podemos determinar a qualidade do processo de revisão de uma revista? Alguns revisores são rigorosos, alguns atuam conforme as recomendações. Investigações jornalísticas têm mostrado que publicações absurdas podem passar pela revisão por pares em muitas revistas. Nesse caso, ou a revisão por pares não existe ou ela falhou. Até recentemente não havia nenhuma maneira de determinar rapidamente se uma revista tinha um bom sistema de revisão por pares no lugar. Agora talvez exista.

ARP: Uma Avaliação da [Continue Lendo]

Revisão por pares duplamente anônima é ruim para publicações acadêmicas?

double-blind-peer-reviewA revisão por pares é certamente o método de avaliação mais difundido e respeitado no universo das publicações acadêmicas, tanto no contexto internacional quanto no Brasil. Ela consiste geralmente na avaliação por parte de pesquisadores especialistas nos temas propostos pelos artigos submetidos aos periódicos, avaliação esta que costuma ser feita de modo voluntário para evitar conflitos de interesses. A revisão por pares pode ser unilateralmente ou duplamente anônima: enquanto no primeiro caso a identidade dos avaliadores é ocultada dos autores dos artigos – embora o inverso não ocorra -, no caso da revisão por pares duplamente anônima os dois lados são ocultados um do outro; logo, autores desconhecem seus avaliadores e avaliadores desconhecem os autores cujos trabalhos estejam avaliando. Mas … [Continue Lendo]

Porque não estamos prontos para uma mudança radical nos processos de publicação científica

qualidade_quantidadeNum artigo publicado este ano no site do The Guardian, o professor doutor Steve Caplan, pesquisador da área de bioquímica e biologia molecular e filiado à University of Nebraska Medical Center (em Omaha, EUA), questiona os atuais processos de publicação científica a partir das críticas do vencedor do prêmio Nobel de Medicina em 2013, Randy Schekman, aos mesmos. O principal alvo de Schekman é o chamado “fator de impacto” dos periódicos, relacionado à quantidade total de citações que os artigos publicados em determinado periódico recebeu. Tal valor serve para indicar o impacto do periódico e aferir-lhe credibilidade, embora, sendo uma soma total, o resultado seja passível a várias deformações. Para desfazer essa cadeia de valoração, distorcida a seu ver, … [Continue Lendo]

O que é Revisão por Pares?

Revisão por paresO pesquisador passa muito tempo tentando conseguir as condições para realizar seu trabalho. Precisa conseguir verba, equipamentos, assistentes, aprovação do comitê de ética, dentre outros. Tudo para começar o trabalho de coleta de dados. Após a coleta, gasta um grande tempo analisando os dados e depois os interpretando. Em seguida, ele compara os dados que foram obtidos com o que já existe na literatura, sejam dados que deem suporte ao seu trabalho ou dados que possam conflitar com os seus. Por fim, ele escreve tudo isso e envia para uma revista.

Ao enviar para a revista, o pesquisador expõe a alguém seu trabalho para ser criticado. Inicialmente isso é feito por um dos editores responsáveis, que envia uma mensagem de … [Continue Lendo]