Publicar ou Perecer? Significado e consequências

salame-science-EnagoA comunidade científica criou o hábito de valorizar um alto número de publicações, o que de algum modo pode ser injusto, visto que quantidade não é sinônimo de qualidade. Justamente por isso, várias discussões têm sido levantadas nos últimos anos. Entre os temas mais abordados, estão os parâmetros éticos, a qualidade da pesquisa científica, o respeito à diversidade, entre outros.
A seguir, trataremos dos principais questionamentos a respeito dessa problemática e de suas respectivas consequências.

1. Afinal, o que significa a expressão “Publicar ou perecer”?
• Para os estudantes de pós-graduação, significa que se a pesquisa trabalhada não é “publicável”, a colocação no mercado de trabalho será mais difícil.
• Para um corpo docente novato, “perecer” significa não progredir … [Continue Lendo]

Principais razões por trás do crescimento da publicação de pesquisas errôneas

wrong-way-signFato número 1: Nunca, no âmbito científico, se produziu nem foram publicados tantos trabalhos de pesquisa como atualmente. Fato número 2: nunca tantas pesquisas foram produzidas com resultados falhos como atualmente. Há pesquisas científicas que inclusive evidenciam os dois fatos, e, enquanto o primeiro é uma vitória dos avanços da Ciência nos últimos tempos, o segundo demonstra que o campo acadêmico precisa rever seus métodos de produção e legitimação de resultados. Os problemas que levam à produção e publicação de pesquisas errôneas, no entanto, são complexos e variados, impondo um grande desafio ao campo na atualidade. A seguir, confira algumas das razões que ajudam a entender esse contexto.

1) A cultura do “publicar ou perecer”: esta talvez seja a razão … [Continue Lendo]