Periódicos de acesso livre representam uma ameaça a publicações acadêmicas mais antigas

periódicos de acesso livreJá há muitos anos os chamados periódicos antigos, aqueles mais tradicionais, dominam o circuito de publicação acadêmica em âmbito internacional. Como publicado em artigo recente do site EdTech, as duas maiores editoras do ramo de publicação acadêmica, a Elsevier e a Springer, tiveram juntas uma receita de 4,7 bilhões de dólares em 2013 (3,5 bilhões e 1,2 bilhões, respectivamente) de acordo a relatórios anuais divulgados pelas próprias empresas, o que mostra o quanto os periódicos lucram.

Do outro lado da equação estão as universidades, maiores responsáveis por estes lucros, uma vez que a maior parte da receita dos periódicos vem de pacotes de assinatura de instituições de ensino e pesquisa, que agora começam a rever os altos gastos com … [Continue Lendo]

Motivos para publicar resultados negativos

Todas as pessoas já tiveram experiências com resultados negativos nos mais diversos domínios de suas vidas. Estes podem acontecer não só na vida pessoal como também na vida profissional, e a assimilação destes resultados pode mudar a forma como cada um planeja o seu futuro. Qualquer pesquisa científica, como qualquer atividade humana, está sujeita a erros. Podem ser erros devido a descuidos do pesquisador, problemas com equipamentos, ou simplesmente por causa de especificidades dos sujeitos da pesquisa. Mas a grande dúvida que paira entre os pesquisadores é se tais resultados devem ser publicados em um artigo científico.

negative-dataO “viés de publicação do positivo” preocupa há décadas diversos pesquisadores. Partindo da ideia de que a comunidade científica só pode aprender com … [Continue Lendo]

Requisitos para a submissão de artigos em periódicos científicos

Para que um artigo seja aceito em um periódico classificado como A1 pelo programa de qualidade da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), é necessário que o mesmo esteja em conformidade com requisitos pré-definidos. Formatar e submeter um artigo corretamente são trabalhos que demandam tempo, dedicação e muita atenção por parte do pesquisador.

Primeiramente, é imprescindível que as normas para a publicação do artigo, geralmente contidas nos websites dos periódicos científicos, sejam identificadas e seguidas, para que a formatação seja feita de forma correta. Uma formatação feita de forma incorreta pode ser a diferença entre a aceitação ou não do referido artigo. No Brasil a exigência é de que o pesquisador utilize as normas determinadas pela ABNT … [Continue Lendo]

Formatação de artigos como requisito essencial para publicação em revistas científicas

Escrever um artigo científico parece ser a etapa mais difícil no processo de publicação em uma revista científica, mas a correta formatação do mesmo também se mostra um grande desafio para a maioria dos pesquisadores. Antes que um manuscrito seja submetido para avaliação e, posteriormente, publicação em uma revista científica ou congresso, é essencial que se verifique se o texto está adequado às regras de formatação exigidas pela revista ou congresso escolhido.

No Brasil a formatação mais usada é a determinada pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), mas cada publicação, principalmente as internacionais, possui um conjunto de regras próprias, que podem se revelar extremamente complexas ou subjetivas.

Cabe ressaltar que editores de revistas científicas recebem vários artigos diariamente … [Continue Lendo]