O que é o WorldWideScience e sua importância

01 July 2013  |  Postado em Mundo Editorial Científico, Produção Científica Mundial   |  Sem Comentário  |  Faça um Comentário

Quem procura informações científicas de fontes autorizadas sabe como é difícil encontrar dados de qualidade em mecanismos de busca como o Google, pois o número de resultados obtidos é muito grande. Uma alternativa é utilizar buscadores especializados que agilizam o processo da consulta. Entre eles se destaca o WorldWideScience.

O WorldWideScience é um portal que reúne bancos de dados científicos e portais de diversos países do mundo, inclusive do Brasil, que é representado pela Scientific Electronic Library Online – SciELO.

WorldWideScience

WorldWideScience

Voltado para cientistas e interessados em pesquisa em geral, os principais tópicos abrangidos são energia, medicina, agricultura, meio-ambiente, tecnologia e ciências básicas.

Para pesquisar, é só digitar o termo no campo de busca. Os resultados são apresentados por ordem de relevância e não popularidade, como no Google. No lado esquerdo da página de busca, os resultados são agrupados por tópicos ou “clusters”, basta clicar em um deles para consultar os mais relevantes para um determinado tema.

WorldWideScience

WorldWideScience

O portal WorldWideScience.org é resultado de um acordo assinado em janeiro de 2007 pelo subsecretário para ciência do DOE dos EUA, Raymond L. Orbach, e pelo chefe executivo da Biblioteca Britânica Dame Lynne Brindley, visando associar o desenvolvimento de um meio de acesso científico global para acelerar resultados de pesquisas científicas ao proporcionar aos usuários meios mais rápidos e acesso mais conveniente às bases de dados científicas on-line.

Quando o WorldWideScience.org foi disponibilizado publicamente pela primeira vez, em junho de 2007, era possível fazer buscas em 12 bases de dados de 10 países. Atualmente, o portal permite que qualquer pessoa com acesso à internet possa realizar uma busca única que resulte na consulta de 32 bases de dados científicas e portais nacionais de 44 países, abrangendo os seis continentes e quase a metade da população do mundo.

A consulta típica feita por seus usuários caracteriza uma busca a 200 milhões de páginas de informação em Ciência e Tecnologia que geralmente não são acessíveis através de mecanismos de busca populares.

Conforme mencionado anteriormente, a SciELO (Scientific Electronic Library Online) é uma das fontes de informação que compõem a busca federada disponibilizada pelo portal worldwidescience.org, resultado de uma cooperação multilateral chamada WorldWideScience Alliance. O portal WorldWideScience fornece um único ponto do acesso a diversos recursos científicos de nações em todo o mundo. Entre as 11 organizações membro fundadoras que representam 38 países, a SciELO disponibiliza periódicos de alta qualidade da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, México, Portugal, Espanha, Venezuela.

Referências:

Anterior
Como organizar seu caderno de laboratório
Próximo
Sugestões para quem vai começar o Doutorado

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *