Storyteling na Academia: Reduzindo riscos na narrativa da pesquisa

storytelling-EnagoA arte de contar histórias, ou o chamado storytelling, é algo de conhecimento do senso comum, e mesmo aqueles que nunca ouviram falar ou leram nada sobre estruturas narrativas sabe intuitivamente como uma história “funciona”, por assim dizer. Talvez por isso a ideia de colocar em diálogo a estrutura da narrativa com a estrutura do texto produzido dentro das fronteiras da academia – tão codificada e pouco acessível a leigos – possa parecer inicialmente “extravagante” e até mesmo fora de propósito; mas será que elas realmente se opõem? Aparentemente não, ao menos é o que a repórter com imersão no mundo acadêmico Cheryl Brumley tenta demonstrar no artigo Academia and storytelling are not incompatible, e sua argumentação parece bastante … [Continue Lendo]

Como se preparar para uma entrevista acadêmica?

Entrevista_Academica_EnagoUma parte substancial da vida de um acadêmico consiste em fazer entrevistas de seleção, o que pode soar bastante assustador – especialmente para os mais tímidos -, mas não precisa ser assim. Para começar, uma entrevista acadêmica é semelhante a uma seleção para qualquer outro posto profissional, só que a com a vantagem específica de demandar muito mais informações sobre a trajetória prévia do pesquisador, uma vez que tendem a valorizar mais a especialidade que a generalidade. A vantagem disso é que, para preparar-se bem para uma entrevista acadêmica, basta que o pesquisador se aperfeiçoe em apresentar bem a própria trajetória profissional e projeto de pesquisa em questão na seleção, habilidade que pode ser aprimorada ao se pensar respostas estruturadas … [Continue Lendo]

Como evitar problemas éticos em sua pesquisa?

etica_EnagoA questão da ética na pesquisa se faz presente em todas as frentes do fazer científico, visto que é necessário rigor para garantir a idoneidade dos resultados obtidos e justeza da relação com os pares. A questão torna-se mais complexa, no entanto, quando a pesquisa envolve trabalho de campo. Isso ocorre porque o trabalho de campo implica numa interação direta do pesquisador com fontes externas diversas, aumentando a probabilidade de que um problema ético possa se insinuar dado o grande número de variáveis em questão a serem controladas. Neste contexto, o pesquisador muitas vezes é guiado pelos princípios éticos da confidencialidade, anonimato e imparcialidade, mas como garanti-los na prática? Veja na sequência algumas dicas para evitar que seu trabalho de … [Continue Lendo]