Como ficar atualizado para revisão de bibliografia

pressing-f5-keyFazer uma revisão de bibliografia é o primeiro passo para situar sua pesquisa no panorama mais amplo de sua área de conhecimento, uma atividade que se inicia muito antes da escrita da dissertação e deve ser constantemente atualizada. Porém, para ser bem feito este trabalho de revisão de pesquisa precisa ser guiado por um propósito. Sua revisão deve ser compreensível o suficiente para estabelecer seu conhecimento no tema de seu trabalho, bem como para justificar a relevância de seu tema de pesquisa. Para isso, é necessário informar-se tanto sobre as fontes mais essenciais à sua pesquisa e os textos mais clássicos referentes a ela, quanto sobre os avanços mais recentes nesta área. Por essas razões, manter-se atualizado em sua revisão … [Continue Lendo]

Diferença entre “uso justo” e plágio

ctrlcctrlvEmbora a definição de plágio seja de conhecimento geral, as gradações entre esta prática ilegal e as diferentes formas de apropriação de conteúdo de terceiros de forma legal são bastantes nebulosas, confusão que se aplica aos contornos do chamado “uso justo” ou “doutrina do uso justo”. Afinal, o quanto é possível apropriar-se do conteúdo de terceiros – com atribuição de autoria – sem incorrer em plágio? A definição de uso justo se refere ao uso legal, ético e limitado de materiais que possuam o chamado copyright sem que seja necessária a autorização do detentor dos direitos autorais. Quatro aspectos quanto as diretrizes de uso de materiais com copyright devem ser observados para garantir a doutrina do uso justo:

Propósito [Continue Lendo]

Pesquisa-ação participante porque utilizar ou não

projeto_comunitarioEmbora o imaginário mais comum do fazer científico muitas vezes esteja associado ao pesquisador erudito que passa muitas horas entre leituras ou testes de laboratório, muitas outras formas de pesquisa demandam uma interação mais intensa com o objeto pesquisado, particularmente se este objeto envolver comunidades humanas específicas. Alguns destes trabalhos encaixam-se na classificação de pesquisa-ação participante.

A pesquisa-ação participante (PAP) foca na solução prática de problemas ao invés de investir esforços apenas em sua investigação. Neste contexto, a noção de “participação” enfatiza o direto envolvimento e colaboração das pessoas que fazem parte da comunidade pesquisada.

A comunidade de interesse

Tido como criador do mérito em 1946, Kurt Lewin defendia a importância da prática social no fazer do pesquisador e, segundo … [Continue Lendo]