Soluções para diminuir o número de pesquisas desonestas

desonestidade_enagoEmbora conhecido como o mundo da busca por verdades ou interpretações objetivas sobre as coisas, o universo da pesquisa acadêmica não está imune a problemas de desonestidade. Ainda que o objetivo maior da Ciência seja produzir e disseminar conhecimento, na prática pesquisadores precisam se sustentar através de seu trabalho no mundo da pesquisa, e as imposições atuais para a sobrevivência no meio acadêmica têm gerado uma série de distorções, estando a maioria delas ligadas ao âmbito da publicação acadêmica.

No contexto atual, pesquisadores precisam publicar trabalhos em periódicos acadêmicos com certa frequência, independente de terem ou não alcançado resultados de pesquisas minimanete conclusivos ou totalmente confiáveis segundo os critérios do rigor científico. Do volume de publicações dependem as chances … [Continue Lendo]

Pesquisa científica acessível além da academia

Divulgacao_ciencia_EnagoEnquanto algumas áreas de conhecimento possuem como objetivo imediato a aplicação prática de seus temas de pesquisa, como a Arquitetura e a Medicina, em outras áreas esta relação nem sempre é tão direta, visto que, ainda que análises e teorias sejam produzidas com base em fatores empíricos, esta produção muitas vezes tem sua circulação e discussão limitada à própria academia. Tal aspecto gera muitas vezes a sensação de que o pesquisador produz conhecimento apenas para compartilhar com outros pesquisadores, alimentando a crítica de muitos de que a academia é uma “torre de marfim” isolada do chamado “mundo real”.

O fato de que muito do conhecimento produzido pelo pesquisador – e isso em todas as áreas – acabe ficando restrito a … [Continue Lendo]

Programas alternativos além daqueles de acesso livre para pesquisadores

Research4life-EnagoO conhecimento é um tipo de poder que pode mudar realidades desfavoráveis, e, por isso, deve ser acessível a todos. Parece ser esse o ideal comum que guia algumas organizações internacionais cujo objetivo é facilitar o acesso do pesquisador situado em países subdesenvolvidos ao conhecimento produzido em grandes centros, tendo como principais parceiros instituições de ensino e pesquisa de renome mundial e organizações voltadas ao desenvolvimento humano e científico. Ao oferecer um programa de acesso livre a pesquisadores de países periféricos, estas instituições expandem a noção de conhecimento de acesso livre – em voga atualmente – no sentido de contemplar aqueles cujos contexto não propicia que participem deste momento mais intenso de difusão do conhecimento no chamado Mundo Ocidental. Por … [Continue Lendo]