A Wikipédia é uma fonte confiável?

03 April 2014  |  Postado em Dicas para Autores, O Mundo Acadêmico, Quer Publicar? O que devo saber?, Textos Acadêmicos   |  3 Comentário  |  Faça um Comentário

wikipedia-logoPraticamente todos os alunos de graduação e pós-graduação ouviram seus professores dizerem que a Wikipédia não deve se usada como fonte em seus trabalhos científicos. Outros tantos alunos confessam que, apesar de não a citarem em seus trabalhos, a usam constantemente, como um estranho prazer culposo do qual não conseguem se desvencilhar.

Mas, afinal de contas, tal fonte pode ou não ser considerada em trabalhos científicos?

Universidades proíbem seus estudantes de citar a Wikipédia em seus artigos e até mesmo o próprio site avisa que acadêmicos não devem referenciá-los, pois qualquer usuário da Internet pode alterá-los a qualquer momento. Entretanto, um novo estudo canadense descobriu que milhares de artigos científicos em revistas médicas têm citado a Wikipédia nos últimos anos e que os números de referências estão aumentando rapidamente.

Junto com o aumento do número de citações, outro indicador de que a Wikipédia pode estar ganhando respeitabilidade é a sua citação por estudiosos de renome. De fato, vários estudiosos, além de citarem a Wikipédia, também possuem artigos escritos sobre eles na mesma, incluindo entre eles Gayatri Spivak, Yochai Benkler, Hal Varian, Henry Jenkins, Jerome McGann, Lawrence Buell e Donna Haraway.

A Wikipédia tenta se manter confiável através da imposição de uma estrutura de conteúdo a seus autores. Ao impor tais políticas, a Wikipédia evita fazer juízo de valores em relação a um argumento, investigação, fato ou opinião. Isto é condizente com a missão geral da Wikipédia. Entretanto, os estudiosos estão divididos sobre se devem ignorar a Wikipédia ou contribuir com ela. A maioria dos professores universitários é cética em relação à Wikipédia, pois é difícil saber se a informação apresentada foi escrita por um estudioso ou por alguém inexperiente. Os acadêmicos não gostam do fato de que a Wikipédia se recusa a dar prioridade aos acadêmicos e outros especialistas.

Uma maneira de olhar para a força da Wikipédia está em compará-la ao uso das tradicionais enciclopédias. Enquanto uma enciclopédia fornece ao leitor um conteúdo formulado por uma equipe elitista de “especialistas” sobre um tema, a Wikipédia utiliza a sabedoria das massas para democratizar a sua fonte de conhecimento. Portanto, a questão de saber se a Wikipédia ou a Enciclopédia clássica são a melhor fonte pode ser simplificada com o seguinte: Pode um punhado de especialistas ser mais experiente do que milhares ou até milhões de leigos?

A verdade é que não é uma questão tão simples. Aceitar a Enciclopédia como a fonte mais confiável é a resposta mais fácil, simplesmente porque estamos acostumados a esse padrão. No entanto, uma vez que as opiniões estão mudando para a valorização da sabedoria das multidões e da digitalização, os acadêmicos devem começar a questionar a lógica por trás da suposição implícita de se aceitar a Enciclopédia e não a Wikipédia.

Com a Wikipédia, como acontece com outras fontes, os estudiosos devem usar o julgamento crítico na análise de sua confiabilidade e adequação para citação. Se os estudiosos avaliarem cuidadosamente a precisão de um artigo da Wikipédia, não deveria haver nenhuma vergonha ao citá-la.

Referências:

Anterior
Popularização do Conhecimento Científico
Próximo
SCIgen – Tendência ou armadilha no meio acadêmico?

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *