Qualidade e custo da tradução: o que você precisa ter em mente?

01 October 2014  |  Postado em Mundo Editorial Científico   |  1 Comentário  |  Faça um Comentário

preço-qualidade-tempo-Ulatus-NewVocê provavelmente já ouviu o ditado “o barato sai caro”. Normalmente isso acontece quando você escolheu a opção mais barata para algum serviço, mas o resultado final não corresponde às expectativas. Para obter a qualidade desejada, então, é necessário investir ainda mais recursos naquele mesmo serviço, tornando-o mais caro e demorado do que seria caso o investimento inicial tivesse sido maior.
Quando se fala em qualidade, é importante ter o conceito muito claro. A ISO –International Standardization Organization – define que “Qualidade é a adequação ao uso. É a conformidade às exigências” (veja mais informações sobre qualidade aqui).

Mas quando o assunto é tradução, o que caracteriza uma tradução de qualidade para você?

A principal função da tradução é transmitir uma mensagem de um idioma para o outro, preservando o sentido original e realizando os ajustes necessários. Pode-se dizer que há qualidade quando essa função foi cumprida com sucesso. Mas é claro que o processo de tradução não é nenhuma receita de bolo, podendo ser realizado de diferentes formas e incidindo em diferentes custos.
Falando em custo da tradução, é importante destacar que este é um fator chave que influencia diretamente o resultado. Entenda que custo zero não existe nem mesmo quando você opta por tradutores automáticos gratuitos, pois nesse caso você está investindo o seu tempo para digitar, formatar e ajustar os resultados trazidos pelas máquinas, que não costumam ser precisos.

A segunda opção em termos de custos mais baixos seria um tradutor autônomo ou freelancer. Por trabalharem individualmente e por nem sempre possuírem formação e técnicas da área de tradução, os freelancers geralmente oferecem um preço não muito elevado pelos seus serviços. Se o texto que você precisa traduzir é de linguagem simples e para fins pessoais, contratar um tradutor autônomo pode ser uma boa escolha para você.

Mas para quem precisa de uma tradução de qualidade elevada, como é o caso das publicações de pesquisas científicas ou artigos médicos, a melhor alternativa é optar pelas empresas especializadas em traduções. O custo é mais alto? Sim, mas é necessário para financiar os profissionais de alto nível que trabalharão no seu documento. Contratar uma empresa de tradução é um investimento sem risco, pré-requisito para a tradução de documentos formais importantes.

Tais instituições contam com tradutores e revisores com fluência nativa no idioma alvo, além de serem especializados nos temas dos textos a serem traduzidos. Esses são os profissionais que serão envolvidos nos processos de tradução, revisão, tradução reversa (caso necessário) e edição do seu documento. Além da capacitação dos funcionários, outra vantagem das organizações de tradução é a garantia do cumprimento do prazo estabelecido. Se essa é a qualidade que você espera, é importante ter em mente que esse nível de serviços possui um custo mais alto, mas vem acompanhado de muitas vantagens.

Portanto, para as suas próximas traduções, identifique os seus objetivos e as suas necessidades. Essa é a melhor forma de aliar o custo necessário para obter a qualidade esperada.

Anterior
Publicação de artigo falso ou plagiado em periódicos científicos
Próximo
Qual a relevância e implicações do Journal Cited Half-Life?

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *