Publicar em um periódico especializado ou em um genérico?

28 February 2013  |  Postado em Pensando em Submeter seu Artigo?   |  Sem Comentário  |  Faça um Comentário

Um dos grandes dilemas encontrados pelos pesquisadores atualmente é a escolha de um periódico onde publicarão seus trabalhos. Além da escolha do periódico em si (pelo seu reconhecimento na comunidade científica), há também a escolha da publicação em uma revista especializada em uma determinada área de estudo ou uma revista mais genérica.

Desde que começaram a ser publicadas, os periódicos científicos passaram a desempenhar importante papel no processo de comunicação da ciência. Surgiram como uma evolução do sistema particular e privado de comunicação, que era feito por meio de cartas entre os investigadores e das atas ou memórias das reuniões científicas. As formas anteriores de divulgação de experimentos isolados apenas influenciaram o surgimento das revistas que, com o tempo, assumiram o papel de principais divulgadoras das investigações. O processo definitivo de mudança para o novo veículo de registro e comunicação da ciência só foi concluído no século passado, quando as revistas adquiriram credibilidade para, inclusive, substituir os livros.

Levando em conta todas as demandas que motivam os pesquisadores a escrever, é importante o pesquisador ficar atento e escolher bem o veículo ao qual submeterá seu estudo. A quem ele quer se dirigir? Quem é o seu público? Ele quer escrever para seus pares, para sua comunidade, ou para um público menos especializado? O que quer atingir com seu texto: aplicações na comunidade, em outros cientistas ou em salas de aulas?

Essas são perguntas importantes para ajudar o pesquisador na hora de escolher se publicará seu trabalho em uma revista especializada ou em uma de conteúdo mais genérico.

Tendo decidido que caminho tomar, é chegada a hora de submeter o artigo ao crivo dos revisores da revista escolhida. Por conta disso, o pesquisador não deve se esquecer das recomendações elementares: passar um revisor de texto, corrigir a ortografia e a gramática, imprimir em papel limpo e de tamanho uniforme, examinar a concordância, estilo, pontuação, palavras repetidas, vícios de linguagem, e assim por diante.  Por conta de muitos pesquisadores terem dificuldades nessa etapa, há empresas especializadas na execução de revisão de artigos científicos. Profissionais especializados e treinados nesse tipo de serviço revisam o texto para que o mesmo passe pelo crivo dos revisores dos periódicos sem problemas.

Diante do exposto, não há uma escolha mais acertada em relação a periódicos especializados ou não. Tal decisão depende da preferência do pesquisador, devendo o mesmo ter em mente que tipo de público quer atingir e qual objetivo quer alcançar com seu trabalho.

Referências:
Anterior
Custos de publicação de artigos científicos
Próximo
Como atrair a atenção do leitor para o seu artigo científico

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *