O Custo de uma Tradução Errada

Quando empresas necessitam de um serviço de tradução para o projeto de um cliente novo ou para uma iniciativa global, os critérios que empregam para a realização desse trabalho podem deixá-las expostas a erros involuntários e, até mesmo, a multas e penalidades significativas. Geralmente o trabalho é classificado de acordo com o volume – a quantidade de material que precisa ser traduzida – e com o prazo para entrega – quanto tempo será necessário para finalizar o texto. Pontos críticos como contexto e tom são deixados de lado quando um orçamento é analisado.

Cumprimento de Regulamentos

Erros simples de tradução vindos de um trabalho feito às pressas e com baixo controle de qualidade têm, em geral, pouco impacto, a menos que o erro envolva algum tipo de sinalização ou o título de um livro, que acaba se tornando um post engraçado em uma página do Facebook ou do Twitter. No entanto, se a indústria para qual a empresa está prestando serviços ou enviando materiais está submetida ao cumprimento de regulamentos contratuais específicos, as consequências geradas por esses erros de tradução poderão ser muito piores. Serviços de tradução médica, por exemplo, necessitam de precisão extrema com relação a instruções sobre como operar um equipamento complexo. Da mesma maneira, serviços de tradução farmacêutica devem ter qualidade excelente quando tratam de informações a respeito de dosagens e efeitos colaterais em potencial. As penalidades legais e financeiras para trabalhos de qualidade inferior nessas áreas podem prejudicar muito a imagem de uma empresa. Desse modo, contratar alguém baseando-se no preço mais baixo e no curto prazo pode ser extremamente arriscado.

O Custo de Não Cumprir Regulamentos

Se a conduta da empresa durante a execução de um projeto viola algum regulamento, então a qualidade do material traduzido terá papel importante em qualquer investigação subsequente. Em casos de corrupção investigados nos EUA sob a Lei de Práticas Corruptas Estrangeiras (Foreign Corrupt Practices Act – FCPA), por exemplo, multas de milhões de dólares podem ser dobradas se um fator de culpabilidade for constatado – quando uma empresa sob investigação toma medidas para deliberadamente esconder suas atividades ou não age de maneira enérgica para obedecer às regulações. Por exemplo, a Siemens fez um acordo de $800 milhões em 2008 devido a violações no controle interno de suas subsidiárias na Venezuela e em Bangladesh e a empresa Alcoa fez um acordo de $384 milhões em 2014 por causa de supostas violações envolvendo o governo de Barém.

Com o risco de grandes penalidades financeiras, qualquer detalhe poderá servir de evidência. Toda a documentação e comunicação relevante é examinada com o propósito de identificar casos de mau comportamento. Um manual padrão para usuários e materiais de marketing podem não receber tanta atenção, mas um modelo de fatura, um aditivo de contrato e toda a correspondência serão analisados nos mínimos detalhes em busca de contexto, tom, coloquialismos ou qualquer “jargão de indústria” que sirva como evidência das reais intenções dos envolvidos. Já que o índice de culpabilidade é baseado no fato de que as empresas devem fazer todo e qualquer esforço para obedecer aos padrões regulatórios, traduções de baixa qualidade poderão trazer ainda mais problemas, pois quando são realizadas de modo insatisfatório, podem resultar em uma documentação confusa e em uma comunicação suspeita.

Contratar serviços profissionais de tradução com base apenas em custos e em disponibilidade pode até ser uma solução de curto prazo, mas que futuramente poderá trazer diversos problemas para a empresa. Utilizar tradutores nativos com experiência vasta e relevante na indústria é a melhor maneira de garantir a qualidade do trabalho.

Anterior
Forma eficaz de reprimir a má conduta científica
Próximo
O mundo acadêmico está competitivo demais?

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *