Como escrever uma seção de discussão

13 June 2014  |  Postado em Dicas para Autores, Quer Publicar? O que devo saber?, Textos Acadêmicos   |  1 Comentário  |  Faça um Comentário

Discussao_artigoEscrever um artigo científico não é muito diferente de produzir uma obra de arte. Qualquer artista precisa de inspiração, ideias originais, conhecimento de técnicas, um conjunto de ferramentas e um meio de divulgação de sua obra. Igualmente, um pesquisador precisa de inspiração, ideias originais, conhecimento de técnicas de escrita, um bom computador e um meio de divulgação de sua obra. Antes de começar a escrever um artigo, é necessário realizar um planejamento básico. A organização do conteúdo das seções varia de artigo para artigo. Um texto científico é dividido em seções, dentre elas a seção de discussão. Um dos pontos mais comentados pelos pesquisadores é o que deve ser escrito na seção de discussão.

A seção de discussão deve ser reservada a comentários mais gerais, nos quais o autor se distancia dos resultados para ter uma visão panorâmica do estudo, tentando estabelecer relações entre os diversos resultados e suas implicações gerais para o problema em questão.

Quando a seção de discussão é subdividida, os subtítulos em geral se referem a tópicos mais gerais. Na seção de discussão também pode-se voltar a discutir mais profundamente a relação entre os resultados obtidos na literatura, retomando pontos mais específicos que não foram apresentados anteriormente na introdução (porque naquele momento não eram relevantes para o leitor). Agora que o leitor já tomou conhecimento dos resultados do estudo, é apropriado e relevante fazer uma discussão mais aprofundada.

A seção de discussão pode ser incluída como subseção final de Experimentos. A discussão mostra os relacionamentos entre os fatos e resultados observados.

Seguem abaixo algumas sugestões:

  • Apresentar princípios, relações, generalizações mostradas nos Experimentos;
  • É importante lembrar que se trata de uma seção de discussão e não uma recapitulação dos resultados já mostrados nos Experimentos;
  • Listar qualquer exceção ou qualquer falta de relação e definir pontos incertos;
  • Mostrar que os resultados e interpretações concordam (ou contrastam) com trabalhos previamente publicados;
  • Discutir implicações teóricas e possíveis aplicações práticas;
  • Escrever as conclusões o mais claramente possível;
  • Resumir as evidências para cada conclusão, sem assumir que o leitor é capaz de juntar todos os pontos sozinho.

Na seção de discussão o autor tem que relembrar cada gráfico separadamente para discutir suas implicações imediatas. Consequentemente, o texto pode se tornar repetitivo. Por ser uma parte um pouco difícil de ser elaborada, muitos pesquisadores buscam auxílio de empresas especializadas, onde profissionais treinados oferecem serviços de suporte à publicação e serviço de revisão por pares.

Referências:

Anterior
Exposição online aumenta índice de correções em artigos acadêmicos
Próximo
Como os periódicos Nature, Cell e Science estão prejudicando a Ciência

One thought on “Como escrever uma seção de discussão

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *