15 Equívocos Relacionados aos Serviços de Tradução

23 July 2014  |  Postado em Dicas para Autores, Tire suas dúvidas, Versão e Tradução de Artigos   |  Sem Comentário  |  Faça um Comentário

Serviços de TraduçãoQuem precisa de serviços de tradução pode recorrer a basicamente três opções: empresas especializadas, tradutores independentes ou traduções automáticas.

O serviço correto de tradução ou a melhor opção vai depender das suas necessidades. Para traduções simples e informais, freelancers e tradutores automáticos podem ser uma solução. Mas se você precisa de serviços especializados, as empresas de tradução oferecem muito mais qualidade.

Para evitar escolhas inconsequentes, é importante conhecer os 15 equívocos mais comuns envolvendo os serviços de tradução. São eles:

1. As traduções devem ser realizadas rapidamente.
Uma tradução rápida demais provavelmente não terá análises e revisões suficientes. Se a tradução for ineficaz, os resultados desejados não serão obtidos. Isso exigirá retrabalho e, consequentemente, prejuízos financeiros.

2. Qualquer pessoa que morou durante anos no exterior pode ser um tradutor.
Por mais que a pessoa tenha um bom domínio do idioma, a tradução envolve várias técnicas que somente um profissional da área tem.

3. Qualquer nativo em língua estrangeira pode ser tradutor.
Os nativos podem cometer erros gramaticais ou adotar um tom inadequado para os seus objetivos. O mais indicado é optar por profissionais da área que tenham habilidades linguísticas comprovadas.

4. Formação em línguas e até dois anos de experiência são qualificações suficientes.
Tais qualificações podem ser suficientes para alguns tipos de traduções, mas não para as de alto nível. Empresas especializadas em serviços de tradução geralmente trabalham com profissionais que possuem pelo menos 5 anos de experiência, além da formação necessária.

5. Bons tradutores não precisam de dicionário.
Por mais que o tradutor compreenda completamente a ideia do que precisa ser traduzido, o dicionário auxilia no encontro das melhores palavras para expressar cada ideia.

6. Traduções automáticas são eficazes.
Somente para os momentos em que você não precisa de traduções formais que envolvam ideias complexas.

7. A tradução deve ser literal.
Para a maioria dos casos, as traduções de qualidade requerem adaptações. Tais adaptações só podem ser feitas por pessoas experientes que compreendam as diferenças linguísticas entre os idiomas envolvidos.

8. Edição não faz parte da tradução.
O processo de tradução envolve sim certa edição e aperfeiçoamento, de forma gerar um documento traduzido com mais fluência.

9. Tradutores podem trabalhar em duas línguas diferentes.
É muito difícil que uma única pessoa possa traduzir para diferentes línguas com a mesma qualidade. Os melhores tradutores consistem em nativos que são treinados para compreender outra língua e expressá-la da melhor forma em sua língua materna.

10. Empresas de tradução cobram muito caro.
Você deve levar em conta o custo-benefício. Na maioria das vezes, o profissionalismo e a qualidade do resultado final compensam o investimento.

11. Tradução é um serviço mecanizado.
As traduções exigem capacidade de interpretação e adaptação de informações em dois idiomas, além de habilidades de expressão. Somente um profissional experiente é capaz de fazê-los com eficácia.

12. Tradutores não precisam ser especialistas nos temas dos documentos a serem traduzidos.
Se houver a especialidade, no entanto, o tradutor será capaz de utilizar a linguagem mais adequada ao tópico em questão.

13. A revisão pode ser feita pelo próprio tradutor.
As pessoas tendem a não reconhecer seus próprios erros. Para evitar essa falha, as empresas de tradução costumam envolver mais pessoas no processo de revisão e correção.

14. Uma rodada de revisão já é suficiente.
Em traduções de pesquisas científicas para publicação, por exemplo, é necessária uma segunda revisão, feita por um especialista no tema da pesquisa.

15. A flexibilidade oferecida por tradutores individuais é uma vantagem.
Tal flexibilidade geralmente vem acompanhada de informalidade, lhe deixando sujeito a não receber a sua tradução com qualidade ou no prazo combinado.

Anterior
A revisão por pares “fast track” ajuda os pesquisadores?
Próximo
Acesso livre a artigos científicos

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *