Por que optar por uma empresa de tradução ao invés de um tradutor individual?

30 July 2014  |  Postado em Quer Publicar? O que devo saber?, Versão e Tradução de Artigos   |  Sem Comentário  |  Faça um Comentário

MultiLing-global-enterprise-translation-model-image-enA chamada indústria da tradução oferece diversos meios para que você consiga ter o seu documento traduzido. Dada a demanda do fluxo de informações a níveis globais em qualquer mercado ou área do conhecimento, o leque de ferramentas e serviços ligados a traduções aumenta a cada dia.

Assim, quando necessitar de tradução de manuscritos, você tem uma série de escolhas a fazer. Primeiro, é necessário decidir entre a tradução humana e a automática. Sabe-se que as ferramentas para traduções automáticas possuem duas grandes vantagens: são instantâneas e gratuitas. A qualidade das traduções, no entanto, é questionável. Apesar de elas estarem se aperfeiçoando consideravelmente, um serviço automatizado nunca terá a mesma qualidade daquele prestado por uma pessoa, especialmente quando se trata de linguagem e comunicação.

Considerando esses prós e contras, pode-se dizer que os tradutores automáticos “quebram um bom galho”. Inclusive, eles são indicados as pequenas traduções pessoais ou empresariais internas do dia-a-dia.

Mas quando o assunto é tradução de teses ou tradução acadêmica em geral, não dá para arriscar. Esses manuscritos de alto nível exigem traduções flexíveis e gramática perfeita, o que os tradutores automáticos não poderão proporcionar. Descartando-os, sobra a boa e velha tradução humana. As pessoas possuem habilidades linguísticas, flexibilidade e capacidade de interpretação e isso é inquestionável.

Porém, dentro do quesito “pessoas”, o leque se abre novamente: é melhor optar por tradutores individuais ou por empresas de tradução? Quais são as implicações de cada alternativa?
A realidade é que ambos têm vantagens e desvantagens.

Primeiramente, entenda que você vai encontrar tradutores individuais de todos os níveis. Há aqueles cujos conhecimentos são apenas empíricos, há os que são diplomados na área, os novatos e os experientes. A partir disso, já vai ser necessário um grande filtro. Após a experiência, vem ainda a análise do profissionalismo e comprometimento dessas pessoas.

Em contrapartida, a vantagem é que os tradutores individuais tendem a cobrar menos e a entregar o trabalho mais rapidamente do que as empresas o fariam.

Se você está investindo na tradução de documentos importantes como um artigo científico, é fundamental analisar cuidadosamente os riscos envolvidos. A economia que você teve com um tradutor individual, por exemplo, pode sair mais cara no futuro caso ele lhe entregue uma tradução que não atenda aos seus requisitos, ou fora do prazo combinado.

As empresas, por outro lado, oferecem mais profissionalismo e garantias de qualidade. Contratando com uma organização, você não corre os riscos mencionados anteriormente. Além da segurança de prazo e qualidade do trabalho, as organizações disponibilizam mais serviços para traduções de alto nível. Para você ter uma ideia, veja alguns diferenciais proporcionados por empresas de grande porte como a Ulatus:

  • Tradução e revisão feita por um ou mais profissionais, sendo todos eles formados em áreas como Línguas ou Tradução e com experiência de mais de cinco anos na área;
  • Especialização em traduções acadêmicas, contando com tradutores e revisores especializados na área da sua pesquisa;
  • Tradução reversa, incluindo tradução, retro tradução, análise da compatibilidade dos documentos e revisão final.

Como você pode perceber, é um nível de prestação de serviço completamente diferente.

Após todas essas clarificações, defina a opção que melhor atenda às suas necessidades com mais segurança.

Anterior
A diferença entre autoria honorária e autoria fantasma
Próximo
Bancos de dados de periódicos

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *