Popularização do Conhecimento Científico

O conhecimento científico é cada vez mais necessário ao cidadão comum, um recurso ao qual todos recorremos para obter orientação em nossas decisões diárias. O conhecimento científico aqui referido é, naturalmente, produto da popularização da ciência. São notícias que chegam aos não cientistas de várias maneiras e por vários canais. Os leigos não estão preparados para ler os textos originais (artigos científicos), escritos por pesquisadores e dirigidos a outros pesquisadores, incompreensíveis para quem não tem o treinamento necessário. Sendo assim, eles dependem de intermediários, pessoas e entidades que fazem usos de vários canais de comunicação e linguagens para transmitir as novidades científicas aos diversos segmentos da sociedade.

A pesquisa científica gera conhecimentos, tecnologias e inovações que beneficiam toda a sociedade. No entanto, muitas pessoas não conseguem compreender a linguagem utilizada pelos pesquisadores. Neste contexto, a grande mídia e as novas tecnologias de comunicação cumprem o papel de facilitadores do acesso ao conhecimento científico. Para contribuir com esse processo, em sintonia com o espírito que anima o Comitê de Assessoramento de Divulgação Científica do CNPq, foi criada uma seção no portal do CNPq especialmente para isso. É o espaço de popularização do conhecimento científico e para que todos possam conhecer as pesquisas dos cientistas brasileiros e os benefícios provenientes do desenvolvimento científico-tecnológico.

Presentation1Entretanto, o processo da popularização do conhecimento científico não é tarefa fácil. Além de tecnicamente complexo, há frequentemente muitos interesses em jogo. A visão dominante na sociedade “leiga” é de que os cientistas fazem descobertas importantes e verdadeiras sobre nosso corpo, nossa sociedade, nosso universo e nosso mundo, que são depois passadas para todos nós pelos meios de comunicação, talvez em versões simplificadas, mas ainda assim versões fiéis e confiáveis, livres de outros interesses que não o de divulgar conhecimento e fornecer informações úteis, capazes de orientar nossas decisões.

As pessoas comuns, em geral, não têm experiência própria em pesquisa nem educação adequada em ciência, e dependem inteiramente de intermediários tanto para tomar conhecimento de novos fatos científicos, quanto para avaliar possíveis implicações desses fatos em sua vida. No entanto, há frequentemente mais do que uma versão de um fato científico, e às vezes nem os cientistas parecem estar de acordo.

O que atualmente é proposto, para a ciência da informação, é um olhar mais prolongado para a comunicação científica, para incluir também a etapa da popularização como parte integrante e influente do processo de criação do conhecimento e divulgação científica. Para isso, é necessário que o pesquisador utilize uma linguagem mais popular e simplificada para alcançar todos os públicos. Entretanto, muitos pesquisadores não sabem como fazer isso. Tendo em vista esse problema, empresas especializadas oferecem serviços de Revisão de Inglês para artigos científicos e serviços de Suporte à Publicação científica para auxiliar o pesquisador a atingir um número cada vez maior de pessoas.

Referências:

Anterior
O que é o GoPubMed e sua importância
Próximo
A Wikipédia é uma fonte confiável?

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *