Como conseguir uma bolsas de estudos no exterior?

31 May 2016  |  Postado em O Mundo Acadêmico, O Mundo da Ciência, Pesquisa Online   |  1 Comentário  |  Faça um Comentário

maxresdefault

Nos últimos anos, o número de brasileiros que decidiu estudar fora do país aumentou bastante e isso se deve à ampliação de programas governamentais como o Ciência sem Fronteiras. Embora esse programa de financiamento limite os projetos a algumas áreas de conhecimento, sua implantação deu origem a discussões sobre os benefícios de estudar no exterior, tornando o processo mais concorrido.

Esse programa está suspenso atualmente, mas isso não significa que não existam outras possibilidades. Se você tem interesse em estudar fora do país, precisará se preparar para não perder nenhuma oportunidade.

Acompanhe os editais de financiamento
Há muitas instituições que oferecem bolsas de estudo internacionais. Uma delas é o Banco Santander. Ele disponibiliza oportunidades como cursos de idiomas, intercâmbio para graduandos e pós-graduandos e bolsas de mestrado e de doutorado. Há bolsas para vários países, como Espanha, Portugal, China e Uruguai. Outra instituição que oferece bolsas é a Fundação Carolina, mas a maioria dos financimentos estão disponíveis apenas para a pós-graduação.

Quem deseja estudar na Holanda pode concorrer a uma vaga no programa Orange Tulip Scholarship Brazil, da Nuffic Neso. Em geral, eles ofertam bolsas para graduação, além de mestrado e MBA.

Aos que querem fazer doutorado nos Estados Unidos, a Fundação Laspau oferece várias bolsas para brasileiros. Já a Fundação Estudar tem financiamentos para cursar a graduação ou a pós-graduação em diversos países. É preciso ter no máximo 34 anos e possuir um perfil de liderança.

Essas são apenas algumas das possibilidades. Para descobrir muitas outras, você pode visitar sites especializados no tema ou verificar os sites das universidades de seu interesse, pois pode ser que elas possuam programas próprios de financiamento.

Os que têm uma boa justificativa para estudar fora podem ainda se arriscar em uma campanha para financiamento coletivo. Embora essa modalidade esteja começando a se popularizar no Brasil, já há casos de sucesso relativos à pesquisa científica.

Fique atento aos prazos
Se você está pensando em estudar fora do país só a partir do segundo semestre de 2017, saiba que essa é a hora ideal para procurar bolsas de estudo. Os processos seletivos costumam ser longos, tendo mais de uma etapa. Alguns possuem, inclusive, datas de partida escalonadas para alunos selecionados em um mesmo edital.

É importante se lembrar também que em muitos países o ano letivo começa entre agosto e setembro, cabendo a você planejar o melhor momento para a ida.

Mantenha a documentação organizada
Quando encontrar editais de seu interesse, verifique qual a documentação necessária para se inscrever e para se aplicar nas universidades que participam dele. Podem ser requisitados documentos como um comprovante de proficiência no idioma do país ou no idioma no qual as aulas serão ministradas; um comprovante de nível de escolaridade do aluno; uma carta de referência redigida por antigos professores; uma carta de intenção traduzida para o idioma local, entre outros. A documentação pode demorar para ser providenciada, é por isso que os editais costumam ficar abertos por dois ou três meses, de modo que os candidatos consigam se organizar.

Pesquise sobre o país de destino
Embora a sua principal preocupação seja a qualidade do ensino oferecido pela universidade na qual você estudará, será preciso se preparar para lidar com o clima e a nova cultura, além das condições gerais de infraestrutura da cidade. Outro ponto importante é verificar se a universidade tem um sistema de ensino compatível com o que você deseja, pois esse aspecto pode variar conforme a localidade.

Lembre-se que milhares de pessoas concorrem a uma bolsa de estudo no exterior todos os anos. Ser um dos selecionados é um grande feito, então informe-se sobre o possível destino para não perder uma oportunidade como essa por alguma dificuldade de adaptação. Para se manter atualizado em relação a todos esses detalhes, basta verificar o calendário de feiras estudantis e os sites das próprias instituições de apoio à pesquisa.

Anterior
Como usar imagens e gráficos da maneira correta
Próximo
Os Desafios do Tradudor na Tradução Acadêmica

One thought on “Como conseguir uma bolsas de estudos no exterior?

  1. I’m really impressed with your writing skills as well as with the layout on your blog. Is this a paid theme or did you customize it yourself? Anyway keep up the excellent quality writing, its rare to see a great blog like this one these days.. fagkeafgcece

Escreva seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *