Como se tornar um bom pesquisador?

18 November 2016  |  Postado em Dicas para Autores, Produção Científica Mundial, Textos Acadêmicos   |  Sem Comentário  |  Faça um Comentário

posgraduacao

Como em qualquer outra área, um bom pesquisador precisa primeiramente gostar do que faz, só assim ele se sentirá motivado para se aprimorar constantemente.

A profissão pode até exigir um pouco mais de disciplina e de paciência, mas a maioria dos desafios se baseia na escassez de recursos, na saturação do mercado e na necessidade de sempre desenvolver trabalhos relevantes. A seguir, listamos alguns dos desafios que o pesquisador precisa superar para alcançar um nível de excelência.

Conquistar financiamentos

Sem financiamento, a produção de conhecimento de qualidade se torna ainda mais difícil, uma vez que o cientista precisa de suporte para dedicar boa parte de seu tempo à investigação.

A falta de recursos pode fazer então com que muitas pesquisas … [Continue Lendo]

As consequências da fraude acadêmica

fraude_pesquisaA fraude acadêmica é uma preocupação crescente. O interesse por esse tema é motivado pelo considerável aumento no número de artigos retratados em periódicos devido à má conduta dos autores. O contexto atual é propenso ao aumento desse problema, uma vez que há pressão pela publicação em grande volume, além de uma concorrência cada vez mais acirrada por recursos. Tudo isso contribui para o surgimento de truques dedicados a aumentar a quantidade e a relevância da produção. As consequências desse panorama são imprevisíveis e podem se tornar desastrosas.

Falsificação e manipulação de resultados

Assim como na história de Pinóquio, mentir para ganhar vantagens pode originar verdadeiras bolas de neve. A empresa Enron Corporation (companhia norte-americana de energia), por exemplo, manipulou … [Continue Lendo]

O compartilhamento de dados gera conflito de interesses?

share_idea_bannerUma comunidade acadêmica é um grupo colaborativo de profissionais cujo principal objetivo é fomentar o conhecimento. Mas esse modelo tradicional de colaboração tem perdido espaço em um cenário de poucos recursos e altos níveis de competição. Nesse contexto, compartilhar dados é dar munição ao “inimigo”? O compartilhamento implicaria então em conflito de interesses?

Por que compartilhar?

A primeira razão para aderir a essa prática é o benefício à própria pesquisa acadêmica. O compartilhamento de dados trará mais visibilidade para o seu trabalho e poderá facilitar a criação de parcerias com outros pesquisadores.

Outro fator importante é garantir a possibilidade de reprodução da pesquisa, um aspecto indispensável para o desenvolvimento da ciência. Um dos maiores problemas atualmente, principalmente em pesquisas … [Continue Lendo]

Como saber se a sua pesquisa gera impacto?

rededeinfluenciaO objetivo de qualquer pesquisa é melhorar e expandir o conhecimento sobre o mundo, portanto, divulgar os trabalhos produzidos é fundamental para o avanço da ciência. Para fins profissionais, os pesquisadores e as instituições precisam acompanhar o impacto das pesquisas, ou seja, o alcance delas, determinando assim o nível de relevância de cada uma. Mas atualmente, com tantos tipos de métricas, tantos canais de divulgação e um número crescente de trabalhos sendo produzidos, mensurar o impacto de uma pesquisa tem se tornado um desafio cada vez mais complexo.

As várias métricas de impacto

Nesse universo, é fato que o número de citações ainda é o aspecto mais adotado para determinar o alcance e a importância de artigos e periódicos. Internacionalmente, … [Continue Lendo]

Qual deve ser a frequência de publicação?

Cronometro-600x320Atualmente, os níveis de exigência quanto ao número de publicações científicas têm aumentado cada vez mais, seguindo sempre a máxima do “publicar ou perecer”. A publicação é a vitrine, o portfólio de um pesquisador, sem ela é como se não houvesse produção.

Evidentemente, a qualidade do material é tão importante quanto a quantidade e não podemos desconsiderar que certas áreas de pesquisa são complexas e não geram resultados com tanta velocidade. Outro aspecto importante é o “mais do mesmo” – publicação de resultados que soam como repetitivos, uma prática que deve ser evitada.

O fato é que, na prática, a produção é essencial para a carreira do pesquisador e quem avalia essa questão deve manter o bom senso, relacionando a … [Continue Lendo]