Como usar imagens e gráficos da maneira correta

 

grafico_EnagoMuitas das ideias centrais que queremos passar em um artigo podem ser expressas melhor como ilustrações do que como textos ou tabelas. Por isso, é fundamental saber como usar imagens, elaborar bons gráficos, diagramas, desenhos e fotos para artigos científicos. Entretanto, muitos pesquisadores não sabem a forma adequada de apresentar figuras e gráficos em um artigo científico.

Figuras são muito caras para as revistas, especialmente para as que têm edições impressas. Portanto, seja econômico. Se o resultado que você quer ilustrar for relativamente simples, tente explicá-lo em texto corrido. Se o resultado for extremamente complexo e tiver várias informações, talvez seja Melhor apresentá-lo como tabela.

É importante também identificar o objetivo da imagensou seja,[Continue Lendo]

Otimize sua pesquisa científica com o crowdsourcing

formigasJá pensou em terceirizar certas tarefas de uma pesquisa científica para um grande número de pessoas, inclusive não acadêmicos, e obter ótimos resultados com isso? É com essa promessa que o crowdsourcing – termo criado pela união das palavras inglesas crowd (multidão) e outsourcing (terceirização) -, está sendo adotado por alguns pesquisadores em todo o mundo.

Este tipo de ação colaborativa, permite que você, pesquisador, agregue pessoas e recursos financeiros ao seu projeto, e amplie o seu alcance de forma funcional, inovadora e relevante. E tudo isso com custo mínimo. Confira a seguir outros detalhes sobre o crowdsourcing e as suas vantagens para o mundo científico.

Crowdsourcing já conta com exemplos de sucesso

Apesar da proposta ter se tornando mais … [Continue Lendo]

Tendências no Financiamento de Pesquisas Biomédicas. A ascendência da Ásia:

Dois artigos recentes sobre o panorama mundial da pesquisa científica na área de Biomedicina trazem boas e más notícias para os pesquisadores da área.  Para os pesquisadores da Europa e da América do Norte, as notícias não são tão boas, porém, na Ásia, a situação nunca esteve melhor.

Europa e América do Norte: Cortes no Financiamento

No período que compreende os anos de 2007 a 2012, o investimento em pesquisas científicas em áreas da Biomedicina permaneceu estável, enquanto que nos EUA e Canadá foi reduzido em 2% por ano. Uma vez que os Estados Unidos são os maiores investidores deste tipo de pesquisa, respondendo por cerca de metade dos gastos totais, as razões para a redução dos investimentos são dignas … [Continue Lendo]