O que é a “Ética na Pesquisa”?

17 July 2017  |  Postado em Curiosidades da Linguagem, Dicas para Autores   |  Sem Comentário  |  Faça um Comentário

O debate sobre ética vai muito além do âmbito científico. Em linhas gerais, ética é como se denomina o conjunto de valores que norteiam a conduta das pessoas em um determinado período e em uma determinada sociedade. Justamente por isso, esses valores não são estáticos ou universais. Embora as diferentes culturas adotem critérios semelhantes, a interpretação e a prática desses valores dificilmente é unânime, dando lugar a amplas discussões de tempos em tempos.

Na pesquisa, a ética não foge aos parâmetros gerais, possuindo também os próprios pilares, disputas e transgressões.

Pilares da Ética na Pesquisa

Uma questão que pode ser considerada universal nesse setor é o uso do pensamento científico. Desse modo, as demais questões referentes à ética e … [Continue Lendo]

O cliente tem sempre razão?

14 July 2017  |  Postado em Curiosidades da Linguagem, Tire suas dúvidas   |  Sem Comentário  |  Faça um Comentário

O ditado “o cliente tem sempre razão” é comum entre grande parte das empresas. Como elas, as agências de tradução também querem manter o fluxo de clientes, mas será que a política da aceitação é a melhor estratégia para isso?

O Prazo

A tradução de alta qualidade exige tempo. Há um conjunto de etapas pelas quais qualquer projeto precisa ser submetido para garantir um bom resultado.

Ao analisar a viabilidade de uma contratação, é preciso diferenciar prazos apertados de prazos irracionais. A diferença entre eles é que o primeiro tipo é viável e não interfere no trabalho da equipe

Quando o prazo pode comprometer o processo, o ideal é esclarecer isso ao cliente. A honestidade fará com que falsas expectativas … [Continue Lendo]

Os Desafios do Tradudor na Tradução Acadêmica

03 June 2016  |  Postado em Curiosidades da Linguagem, Dicas, Dicas para Autores, Tradução   |  Sem Comentário  |  Faça um Comentário

studying-on-computer

Você acredita que um dos maiores desafios do tradutor pode ser trabalhar com pesquisas?

Isso acontece porque além de encontrar a equivalência de sentido do questionário, o tradutor precisa induzir o entrevistado a responder de maneira similar a de um entrevistado no idioma fonte. Sem essa equivalência, não há como comparar os dados.

Podemos dizer então que a tradução desse gênero textual vai além da substituição de conceitos. Os exemplos, a interpretação das perguntas e a análise das respostas precisam equivaler à versão original. Para entender a complexidade desse processo, considere as seguintes situações:

Quem deve ser entrevistado em uma pesquisa que aborde a compra de alimentos? Nos Estados Unidos, seria possível entrevistar homens e mulheres (casados ou solteiros), mas … [Continue Lendo]

O compartilhamento de dados gera conflito de interesses?

share_idea_bannerUma comunidade acadêmica é um grupo colaborativo de profissionais cujo principal objetivo é fomentar o conhecimento. Mas esse modelo tradicional de colaboração tem perdido espaço em um cenário de poucos recursos e altos níveis de competição. Nesse contexto, compartilhar dados é dar munição ao “inimigo”? O compartilhamento implicaria então em conflito de interesses?

Por que compartilhar?

A primeira razão para aderir a essa prática é o benefício à própria pesquisa acadêmica. O compartilhamento de dados trará mais visibilidade para o seu trabalho e poderá facilitar a criação de parcerias com outros pesquisadores.

Outro fator importante é garantir a possibilidade de reprodução da pesquisa, um aspecto indispensável para o desenvolvimento da ciência. Um dos maiores problemas atualmente, principalmente em pesquisas … [Continue Lendo]

Qual a diferença entre colaboração e coautoria?

human pyramid

human pyramid

Nos últimos anos, a publicação deixou de ser uma consequência do fazer científico e se transformou em uma obrigação com rígidos padrões de periodicidade. Não por acaso, a coautoria se tornou uma tendência, passando de em média três autores por trabalho para números cada vez maiores de participantes. Esse aumento pode gerar confusões quanto à responsabilidade de cada autor em relação ao conteúdo apresentado. Porém, mais importante que classificar a participação, é saber no que ela implica.

As camadas da autoria

Em trabalhos que incluem de três a quatro membros, pode ser mais fácil definir as diferentes contribuições para o artigo. Nesses casos, o texto terá um autor principal e os demais serão coautores. Acima desse número, será … [Continue Lendo]